Tag dos 50% 2022

Oi, meus amores! Tudo bem? ❤️

Atrasadinha, mas vim responder a Tag dos 50%, que faço questão de fazer todo meio de ano. Bora pra minha review do primeiro semestre!

1 – O melhor livro que você leu até agora: gente do céu, minhas leituras de 2022 estão maravilhosas, sério mesmo, tanto que não consigo responder essa pergunta com um livro só. Minhas duas autoras favoritas da atualidade dividem o pódio, então:

A Shadow in the Ember (Flesh and Fire #1), Jennifer L. Armentrout

Sinopse:

A autora best-seller nº 1 do New York Times, Jennifer L. Armentrout, retorna com o livro 1 da novíssima e cativante série “Flesh and Fire”, ambientada no amado mundo de “Sangue e Cinzas”.

Nascida envolta no véu dos Primais, uma Donzela como as Parcas prometeram, o futuro de Seraphena Mierel nunca foi dela. Escolhida antes do nascimento para manter o acordo desesperado que seu ancestral fez para salvar seu povo, Sera deve deixar para trás sua vida e se oferecer ao Primal da Morte como sua consorte.

No entanto, o verdadeiro destino de Sera é o segredo mais bem guardado de toda Lasania – ela não é a Donzela bem protegida, mas uma assassina com uma missão – um alvo. Fazer o Primal da Morte se apaixonar, se tornar sua fraqueza, e então… acabar com ele. Se ela falhar, ela condena seu reino a uma morte lenta nas mãos da podridão.

Sera sempre soube o que ela é. Escolhida. Consorte. Assassina. Arma. Um espectro nunca totalmente formado, mas encharcado de sangue. Um monstro. Até ele. Até que as palavras e ações inesperadas do Primal da Morte afugentam a escuridão que se acumula dentro dela. E seu toque sedutor acende uma paixão que ela nunca se permitiu sentir e não pode sentir por ele. Mas Sera nunca teve escolha. De qualquer forma, sua vida está perdida – sempre foi, pois ela foi sempre tocada pela Vida e pela Morte.

Compre aqui em inglês.

Casa de Céu e Sopro (Cidade da Lua Crescente #2), Sarah J. Maas (resenha aqui)

Sinopse:

Casa de Céu e Sopro” é a sequência poderosa de “Casa de Terra e Sangue”, da série new adult “Cidade da Lua Crescente”. Uma narrativa potente de Sarah J. Maas, a autora best-seller #1 do New York Times, repleto de fantasia, mistério, batalhas e, principalmente, romances inebriantes.

O poder mais mortal. A paixão mais feroz. O destino mais cruel.

Bryce Quinlan e Hunt Athalar fizeram um pacto. Enquanto processam os eventos da última primavera, eles irão manter as coisas… platônicas… até o solstício. Eles salvaram a Cidade da Lua Crescente, mas com tanto frenesi acontecendo ultimamente, eles desejam, mais do que qualquer coisa, uma oportunidade de relaxar. Desacelerar. E descobrir o que o futuro lhes reserva. Mas quando a tensão suspensa entre os dois alcançar um nível insustentável, prestes a incendiar a Cidade da Lua Crescente, eles serão capazes de resistir?

Enquanto isso, para os dois, a iminência do perigo não está ainda fora de questão. Arrastados para um movimento rebelde do qual não querem tomar partido, Bryce, Hunt e seus amigos veem a si mesmos contra os sinistros asteri – de quem, custe o que custar, precisam evitar ser percebidos.

No entanto, quanto mais conhecem as causas desse movimento revolucionário, mais se aproximam de uma inevitável escolha: permanecer quietos enquanto outros são oprimidos… ou lutar.

E eles nunca foram muito bons em manter silêncio.

Nessa sequência sexy e cheia de ação do best-seller “Casa de Terra e Sangue”, Sarah J. Maas constrói uma história cativante sobre um universo prestes a explodir – e sobre os que não medirão esforços para protegê-lo.

Compre aqui.

2 – A melhor continuação que você leu até agora: pra não repetir livro, vou de “O Diabo de Nova York” (resenha aqui), que é maravilhoso demais. A gente sofre lendo? Sofre, mas é muito lindo. Se não leram “Os Eckleys” ainda, corram!

Sinopse:

Leonard Eckley tem dois problemas difíceis de resolver.

Empenhado em uma vingança pessoal desde que rompeu a sociedade com seu melhor amigo McFadden, ele descobre o paradeiro do homem cuja vida pretende arruinar no mesmo dia em que passa a ser chantageado por seu antigo chefe. Com seus bens arrestados por criminosos, ele precisa chegar às Índias, mas lhe falta dinheiro para uma viagem segura.

Millicent Ryan quer ir embora de Nova York, mas seus pais têm outros planos para ela.

Tudo que a solteirona Millicent quer é estudar engenharia na Universidade de Calcutá, que aceita alunas mulheres. O obstáculo ao seu sonho se torna intransponível quando seu pai decide que ela não pode ir. Sem acesso aos fundos necessários para fazer uma viagem até outro continente, ela precisa de um milagre — ou de um patrocinador — para finalmente poder recomeçar a vida bem longe de seu passado traumático.

Compre ou baixe pelo Kindle Unlimited aqui.

3 – Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito: nossa, tem muitos, principalmente as continuações de séries que eu já tinha lido e amado (“Estilhaça-me”, “Amores Improváveis” e “Liga da Lealdade”), mas vou de “Prazeres Violentos”, que tem tudo que eu amo e parece que vai ser favoritado.

Sinopse:

A releitura da clássica história de Romeu e Julieta, de Shakespeare, contada de uma forma sem igual. Uma rixa de sangue entre duas gangues deixa as ruas vermelhas, e a cidade segue indefesa nas garras do caos. No centro de tudo está Juliette Cai, de 18 anos, uma ex-melindrosa que voltou a assumir seu papel de orgulhosa herdeira da Gangue Escarlate, uma rede de criminosos muito acima da lei. Seus únicos rivais no poder são os Flores Brancas, que lutaram contra os Escarlates por gerações. E, por trás de cada movimento, está seu herdeiro, Roma Montagov, o primeiro amor de Juliette… e a primeira traição.
Mas quando gangsters de ambos os lados dão sinais de instabilidade, dilacerando os próprios pescoços, as pessoas começam a murmurar. Sobre uma epidemia, um surto. Sobre um monstro nas sombras. À medida que as mortes aumentam, Juliette e Roma precisam deixar suas armas – e seus rancores – de lado e trabalhar juntos. Afinal, se não puderem impedir essa catástrofe, não sobrará cidade alguma para dominarem.

O romance “enemies to lovers” recorde de vendas nos EUA. O melhor livro Young Adult escolhido pela Buzzfeed em 2020. O mais pedido pelos fãs.

Compre aqui.

4 – O livro mais aguardado do segundo semestre: sem dúvida nenhuma, “A Light in the Flame”, que dá sequência a “A Shadow in the Ember”. Eu achava impossível a JLA superar o surto que foi “Sangue e Cinzas”, mas “Flesh and Fire” é ainda melhor. Eu tô apaixonada demais e minha ansiedade tá gigantesca por essa continuação.

Sinopse:

Da autora best-seller nº 1 do New York Times , Jennifer L. Armentrout, vem o segundo livro de sua série “Flesh and Fire”… O único que pode salvar Sera agora é aquele que ela passou a vida planejando matar.

A verdade sobre o plano de Sera foi revelada, quebrando a frágil confiança entre Nyktos e ela. Cercada por aqueles que desconfiam dela, Sera só tem seu dever. Ela fará qualquer coisa para acabar com Kolis, o falso Rei dos Deuses, e seu governo tirânico em Iliseeum, parando assim a ameaça que ele representa para o reino mortal.

Nyktos tem um plano, porém, e como eles trabalham juntos, a última coisa que precisam é a paixão inegável e abrasadora que continua a acender entre eles. Sera não pode se dar ao luxo de se apaixonar pelo torturado Primal, não quando uma vida não mais vinculada a um destino que ela nunca quis é mais alcançável do que nunca. Mas as memórias de seu prazer compartilhado e desejo incomparável são um canto de sereia impossível de resistir.

E quando Sera começa a perceber que ela quer ser mais do que uma Consorte apenas no nome, o perigo que os cerca se intensifica. Os ataques às Terras Sombrias estão aumentando, e quando Kolis os convoca à Corte, um novo risco se torna aparente. O poder Primal da Vida está crescendo dentro dela, empurrando-a para mais perto do fim de seu Abate. E sem o amor de Nyktos – uma emoção que ele é incapaz de sentir – ela não sobreviverá à Ascensão. Isso se ela chegar à Ascensão e Kolis não chegar primeiro. Porque o tempo está acabando. Tanto para ela quanto para os reinos.

Pré-venda do livro em inglês aberta aqui.

5 – O livro que mais te decepcionou este ano: Pestilência (Os Quatro Cavaleiros #1), Laura Thalassa. Esse livro prometia tanto, mas tanto. Tem tudo que eu amo e nunca vi ninguém falando mal, mas simplesmente não funcionou para mim e decidi abandonar. Não é pelo gatilho nem nada, mas odiei acompanhar o Pestilência de um lugar para outro matando as pessoas com a peste e fazendo a mocinha assistir. Eu entendo que é o papel dele, que ela tentou matá-lo de uma forma terrível, que ele tem seus motivos para desprezar a humanidade, mas não deu pra mim, não. Ainda assim, se alguém tem vontade de ler, acho que deve dar uma chance. Como eu disse, nunca vi ninguém falando mal.

Sinopse:

Eles vieram à Terra — Pestilência, Guerra, Fome e Morte —, quatro cavaleiros montados em seus corcéis gritando e correndo para os cantos do mundo. Quatro cavaleiros com o poder de destruir toda a humanidade. Eles vieram à Terra e vieram para acabar com todos nós.

Quando Pestilência vem para a cidade de Sara Burn, uma coisa é certa: todos que ela conhece e ama estão marcados para morrer. A menos, é claro, que o cavaleiro de aparência angelical seja interrompido, que é exatamente o que Sara tem em mente quando atira na besta profana e o derruba de seu corcel.

Pena que ninguém disse a ela que Pestilência não pode ser morto.

Agora o cavaleiro, vivo e muito zangado, a fez prisioneira e está ansioso para fazê-la sofrer. No entanto, quanto mais tempo passa com ele, mais insegura fica sobre os verdadeiros sentimentos dele por ela… e os dela por ele.

E agora, bem, Sara ainda pode ser capaz de salvar o mundo, mas para fazer isso, terá que sacrificar seu coração no processo.

Compre aqui.

6 – O livro que mais te surpreendeu este ano: “Nevernight: a Sombra do Corvo” (As Crônicas da Quasinoite #1), Jay Kristoff. Eu sempre ouvi elogios à série, mas no ano passado comecei a ler e achei o livro muito cansativo e confuso, aí decidi pausar a leitura em 20%. Só que este ano retomei a leitura e, gente do céu, eu amei tanto! Foi favoritadíssimo e, com certeza, vai aparecer na lista dos melhores do ano. Agora só preciso tomar vergonha na cara e ler o resto da série.

Sinopse:

Há histórias sobre Mia Corvere, nem todas verdadeiras. Alguns a chamam de Moça Branca. Ou a Faz-Rei. Ou o Corvo. A matadora de matadores. Mas, uma coisa é certa, você deveria temê-la.
Quando ela era criança, Darius Corvere – seu pai – foi acusado de insurreição contra a República de Itreya. Mia estava presente quando o carrasco puxou a alavanca, viu o rosto do pai se arroxeando e seus pés dançando à procura do chão, enquanto os cidadãos de Godsgrave gritavam “traidor, traidor, traidor”…
No mesmo dia, viu a mãe e o irmão caçula serem presos em nome de Aa, o Deus da Luz. E, embora os três sóis daquela terra não permitam que anoiteça por completo, uma escuridão digna de trevas tomou conta da menina. As sombras nunca mais a largaram.
Mia, agora com dezesseis anos, não se esqueceu daqueles que destruíram sua família. Deseja tirar a vida de todos eles. É por isso que ela quer se tornar uma serva da Igreja Vermelha – o mais mortal rebanho de assassinos de toda a República. O treinamento será árduo. Os professores não terão misericórdia. Não há espaço para amor ou amizade. Seus colegas e as provas poderão matá-la. Mas, se sobreviver até a iniciação, se for escolhida por Nossa Senhora do Bendito Assassinato… O maior massacre do qual se terá notícia poderá acontecer. Mia vai se vingar.

Compre aqui.

7 – Novo autor favorito: Cassandra Clare. “MILAGRES SÃO REAIS, QUANDO SE CRÊ!!!” *cantando* Finalmente eu comecei a ler “As Crônicas dos Caçadores de Sombras” e estou amando. Vejo as pessoas falando um pouco mal de “Instrumentos Mortais”, mas estou curtindo bastante a história do Jace, da Clary e CIA.

8 – Crush mais recente por personagem fictício: Ash de “Flesh and Fire”. Nunca esperei que a JLA pudesse criar um macho melhor que o Hawke, mas fui tombada lindamente. O Nyktos é tão lindo, tão sedutor, tão cadelinha quanto o Hawke, mas sem me irritar em nenhum momento. É isso, tô latindo total por ele.

Fanart by Castleintheskky

9 – Seu personagem favorito mais recente: Magnus Bane, que aparece em todas as séries do universo dos Shadowhunters, pelo que fiquei sabendo. Ele vive salvando a vida de todo mundo e é absolutamente icônico, impossível não amar.

10 – Um livro que te fez chorar neste primeiro semestre: Parting Gifs, Lorraine Heath. Tá aí uma mulher que sempre me emociona nas histórias, por isso é minha autora de época favorita.

Sinopse:

Casando-se com Maddie, uma mulher que trabalha em um bordel para sobreviver, o viúvo Charles Lawson espera fornecer a seus três filhos uma mãe amorosa até que sua doença terminal o leve a organizar um casamento entre Maddie e seu irmão.

Compre aqui em inglês.

11 – Um livro que te deixou feliz neste primeiro semestre: eu não li muitos livros leves e divertidos este ano, então decidi escolher um quadrinho super fofo que deixou meu coração quentinho. Devo ter lido em uma ou duas horas no máximo, mas saí apaixonada.

Sinopse:

Em seu novo livro, Sarah Andersen traz uma história de amor inusitada entre uma vampira e um lobisomem, com a linguagem em quadrinhos que já conquistou milhares de fãs na internet e nas livrarias.

Em seus trezentos anos de vida, a vampira Elsie nunca encontrou um par perfeito. Tudo muda quando ela conhece Jimmy, um lobisomem encantador, com uma forte tendência a sair correndo por aí na lua cheia. Cada qual com seus hábitos incomuns, juntos eles levam uma vida de casal deliciosamente macabra, curtindo filmes de terror e livros de suspense, fazendo passeios à sombra e saciando seu apetite voraz em jantares refinados (sem alho!).
Com traço gótico, humor ácido e repleto de romantismo, “Mordida” retrata os dramas reais de se apaixonar por alguém perfeito para você ― mas ao mesmo tempo muito diferente. Em edição de luxo, com capa dura de tecido e laterais pintadas de preto, este é um livro de morrer.

Compre aqui.

12 – Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora: eu quase não assisti nada este ano, então decidi escolher um donghua (animação chinesa) que me fez surtar muito. Chama-se “Psychic Princess” e é a adaptação de um manhua (quadrinho chinês) de mesmo nome que, sério, é perfeito! Tem tudo que a gente ama: enemies to lovers, moreno sarcástico com fama de perigoso e malvadão, mas que vira cadelinha, mocinha badass que luta muito, casamento de conveniência, apenas uma cama, romance delicinha com um casal que emana tensão sexual. Acho que nem preciso falar mais nada, né? Se curtem animações, deem uma chance. Não vão se arrepender! Eu já maratonei várias vezes este ano, de tanto que viciei. Está disponível no Chunchyroll e nem precisa criar conta para assistir. Vejam aqui.

Sinopse:

Desde pequena, Qian Yun Xi, a filha mais velha do Grande Conselheiro, é dotada de poderes sobrenaturais. Por conta disso, ela é considerada um mau agouro e foi confinada à Montanha do Espírito da Nuvem. Aos 16 anos, ela descobre que foi escolhida no lugar de sua irmã mais nova para se casar com o Príncipe Ye – um homem frio, excêntrico e cruel. Que sofrimentos Qian Yun Xi enfrentaria…

13 – Sua resenha favorita neste primeiro semestre: eu fico dividida entre duas, a de “A Ponte entre Reinos” (confiram aqui) e a de “Um Estranho Sonhador” (confiram aqui).

14 – O livro mais bonito que você comprou ou ganhou: mais uma pergunta impossível de responder com um livro só, porque chegaram muitos livros lindos na minha estante este ano, mas três se sobressaíram em meio aos demais:

Corrente de Ouro (As Últimas Horas #1), Cassandra Clare

Sinopse:

O mal se esconde à vista de todos. O amor corta mais profundamente que qualquer lâmina.

Da autora best-seller do New York Times Cassandra Clare, “Corrente de Ouro” é o primeiro volume da trilogia “As Últimas Horas”.

Seja bem-vindo ao período eduardiano londrino! Um tempo de luzes elétricas e sombras extensas, a celebração da beleza artística e a selvagem busca pelo prazer, com demônios à espreita no escuro. Por anos a paz reinou no mundo dos Caçadores de Sombras. James e Lucie Herondale, filhos dos famosos Will e Tessa, cresceram e desenvolveram-se em um ambiente harmônico com sua família e amigos, ouvindo histórias sobre o bem derrotando o mal e o amor como o grande vencedor… Mas tudo muda quando as famílias Blackthorn e Carstairs vêm para Londres, assim como uma espécie de praga nunca vista antes, implacável e inevitável.

Cordelia Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma guerreira treinada desde a infância para enfrentar demônios. Quando seu pai foi acusado de um terrível crime, ela e seu irmão viajam a Londres na esperança de evitar a ruína de sua família. Sua mãe, Sona Carstairs, quer que a filha se case… mas Cordelia está mais determinada a ser uma heroína do que uma esposa. Logo, Cordelia encontra James e Lucie Herondale, seus amigos de infância, e é levada a seu universo de bailes reluzentes, tarefas secretas e salões sobrenaturais, onde vampiros e bruxos se misturam a sereias e feiticeiros.

Enquanto isso, ela precisa esconder sua paixão secreta por James, que jurou se casar com outra pessoa.

Quando o desastre atinge, depois de tanto tempo, os Caçadores de Sombras, James, Cordelia e seus amigos mergulham em uma aventura descontrolada que lhes revelará sombrios e incríveis poderes, o verdadeiro e cruel preço de ser um herói… e de se apaixonar.

Ao mesclar enredos complexos, um cenário histórico e personagens cativantes, “Corrente de Ouro” se torna uma verdadeira jornada onde os fãs dos Caçadores de Sombras aprenderão o valor do amor, do ódio, da paixão e da amizade, excedendo todas as expectativas. 

Compre aqui.

O Encanto dos Corvos, Margaret Rogerson

Sinopse:

UMA FANTASIA EM VOLUME ÚNICO DA MESMA AUTORA DE “O FEITIÇO DOS ESPINHOS”

Com apenas algumas pinceladas, Isobel cria retratos deslumbrantes para clientes perigosos: o povo das fadas. Esses seres imortais não são capazes de criar ― mesmo as coisas mais simples como assar pães ou escrever cartas os reduziria a pó. Eles anseiam pela habilidade que os humanos têm de produzir, e trocam feitiços valiosos pelas pinturas feitas por Isobel. Quando a garota recebe o seu primeiro cliente da realeza ― Rook, o príncipe do outono ―, ela comete um erro terrível: sem pensar, Isobel pinta uma emoção humana no rosto dele, uma fraqueza que pode custar não só o trono, mas a vida do príncipe.

Furioso, Rook decide que Isobel precisa ser levada para o reino das fadas e punida pelo crime, mas as coisas saem de controle quando os dois são atacados no meio do caminho. Para sobreviver, eles precisam aprender a confiar um no outro e, dessa confiança, emoções perigosas começam a emergir… Será que o talento de Isobel será suficiente para desafiar as forças sombrias que dominam as cortes feéricas?

Acompanhe Isobel e Rook em sua jornada fascinante em um lugar onde a beleza esconde um mundo perverso e o preço da sobrevivência pode ser mais assustador do que a morte.

Compre aqui.

A Cidade de Bronze (Daevabad #1), S. A. Chakraborty

Sinopse:

Cuidado com o que você deseja…

Nahri nunca acreditou em magia. Golpista de talento inigualável, sabe que a leitura de mãos, zars e curas são apenas truques, habilidades aprendidas para entreter nobres Otomanos e sobreviver nas ruas do Cairo. Mas quando acidentalmente convoca Dara, um poderoso guerreiro djinn, durante um de seus esquemas, precisa lidar com um mundo mágico que acreditava existir apenas em histórias: para além das areias quentes e rios repletos de criaturas de fogo e água, de ruínas de uma magnífica civilização e de montanhas onde os falcões não são o que parecem, esconde-se a lendária Cidade de Bronze, à qual Nahri está misteriosamente ligada.

Atrás de seus muros imponentes e dos seis portões das tribos djinns, fervilham ressentimentos antigos. E quando Nahri decide adentrar este mundo, sua chegada ameaça recomeçar uma antiga guerra. Ignorando advertências sobre pessoas traiçoeiras que a cercam, Nahri embarca em uma amizade hesitante com Alizayd, um príncipe idealista que sonha em revolucionar o regime corrupto de seu pai.

Cedo demais, ela aprende que o verdadeiro poder é feroz e brutal, que nem a magia poderá protegê-la da perigosa teia de intrigas da corte e que mesmo os esquemas mais inteligentes podem ter consequências mortais.

Compre aqui.

15 – Quais livros você precisa/quer muito ler até o fim do ano? Tem muitos livros na minha meta pra ler em 2022 ainda, mas minhas duas prioridades são terminar “A Rainha Vermelha” e ficar em dia com os livros dos shadowhunters.

E essas foram minhas respostas, agora me contem: qual o melhor livro que vocês leram no primeiro semestre de 2022? 🤔

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s