Resenha: Inesperada Redenção, Karol Blatt

Oi, meus amores! Tudo bem? ❤

Vim trazer a resenha oficial de um livro que eu já panfletei horrores no Instagram, porque pensem numa história fofa, emocionante e que deixa nosso coração super quentinho. Se vocês também amam fazer esse tipo de leitura, venham comigo descobrir por que precisam dar uma chance a “Inesperada Redenção”.

Sinopse:

Ele nunca olhou para o mundo com gentileza… Até ela.

Quando o amargurado e rico advogado de divórcios Samuel Mead termina em uma sala de parto com uma garota desconhecida, ele sequer imagina o que ainda está por vir. Roxanne Rivera é uma mãe solo e sem um teto para si mesma e para seu bebê recém-nascido. Por isso, quando Sam oferece seu apoio e sua casa como abrigo, Rox não tem como recusar. Seria apenas por tempo limitado.

Entretanto, Roxanne tem mais problemas do que Sam poderia prever. Ela não é apenas uma imigrante mexicana que teve seus pertences e documentos roubados; ela é uma fugitiva. E quando Sam percebe no que a jovem se meteu, um instinto protetor, que ele não sabia possuir, fala mais alto.

Rox tem boas razões para não confiar nos homens e quer escapar.

Sam está decidido a honrar seu dever de proteger mãe e filha.

E ele o fará mesmo que isso lhe custe sacrificar a identidade que construiu, sua segurança e até mesmo seu endurecido coração.

Compre ou baixe pelo Kindle Unlimited aqui.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Aqui nós conhecemos o Sam, um advogado que conseguiu fazer uma fortuna ajudando maridos a não saírem depenados por suas esposas após o divórcio, o que o tornou praticamente um herói entre os homens ricos e poderosos de Washington. Vou ser sincera e dizer que senti ódio à 1º vista por ele, ao ver como tratava as mulheres durante as audiências. Sabe aquele cara que vê todas nós como interesseiras e defende apenas seu próprio sexo? Prazer, o Sam! Impossível gostar dele de início, porém, conforme avançamos as páginas, descobrimos que ele tem seus motivos para ser frio daquele jeito. Embora tenha nascido em “berço de ouro”, ele não tem nenhuma noção do que é uma família de verdade. Só que o destino vai se encarregar de ensiná-lo…

Saindo do trabalho um dia, Sam quase atropela Rox, uma mulher que está prestes a dar a luz. Depois do quase acidente, ele corre para levá-la ao hospital, onde é confundido com o pai do bebê e levado pra sala de parto. A expectativa dele era garantir que tudo tinha corrido bem e desfazer logo esse mal-entendido para poder seguir sua vida como se nada tivesse acontecido, no entanto ele acaba descobrindo que Rox está com problemas sérios, sem documentos, dinheiro, uma roupinha pra neném ou mesmo um teto para morar. E as coisas são ainda mais complicadas pelo fato de ela ser uma imigrante, então Sam decide levá-la para sua própria casa até que as coisas se resolvam. Só que ele não faz a menor ideia de onde está se metendo e, quando descobre, já é tarde demais, pois está completamente apaixonado por mãe e filha.

Vou falar pra vocês que o romance é lindo. Impossível não suspirar com o lado protetor e sedutor do Sam, e como ele vai conquistando a confiança e o amor da Rox, que só teve experiências horríveis com os homens. A química deles é incrível, porém o que realmente me encantou nesta história foi a relação do Sam com a Maria, a nossa Pardalzinha (tem como um apelido ser mais fofo?). Ele conversando com ela como se realmente pudesse entender tudo que fala, tocando La Vie en Rose ao piano, porque é a música preferida dela pra dormir, e trocando a fralda da danadinha todos os dias, porque ela espera ele chegar do trabalho todos os dias pra fazer cocô… Eu praticamente vomitei arco-íris com essas cenas, meu coração explodiu de amor, de verdade. E o livro ainda tem uma dose de mistério e perigo por conta do passado secreto da Rox, o que deixa a gente com o coração na mão. Enfim, foi uma leitura que me provocou um misto de emoções que convido vocês a experimentar também, duvido que não saiam tão apaixonados quanto eu. Ah sim, a escrita é uma delícia, a gente avança as páginas que nem sente. Só leiam pra confirmar!

E é isso por hoje, meus amores! Obrigada pela visita, beijos e até o próximo post 😘😘😘

Publicidade

3 comentários sobre “Resenha: Inesperada Redenção, Karol Blatt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s