Resenha: A Escolha de Lilian Bernnet (Irmãos Blackburn #3), Karoline B. Santos

Oi, meus amores! Tudo bem? ❤

Vim trazer a resenha de um romance de época maravilhoso pra vocês, lembrando que os volumes anteriores da série já foram resenhados aqui. Espero que gostem de conhecer esta história!

Sinopse:

Lady Lilian foi criada para ser uma dama exemplar e dominava todos os dotes considerados essenciais a uma boa esposa segundo os guias de etiqueta londrinos. Ainda assim, já estava em sua quarta temporada quando, finalmente, uma corte foi aceita. Certamente, suas mãos não suavam, tampouco seu coração saía do compasso quando via lorde Himpenbell, mas ela estava satisfeita em finalmente poder cuidar de sua própria vida. Entretanto, todo seu conformismo vai por água abaixo quando encontra lorde Joshua em um dos bailes promovidos em Blackburn Hall, no escritório da família.
Lorde Joshua Blackburn era um libertino declarado. Gostava de aproveitar a vida e os prazeres que esta poderia lhe ofertar, e jamais, em hipótese alguma, se envolvia com uma donzela inocente… Até se ver a sós com Lilian Bernnet. O visconde não conseguia entender como uma dama tão tediosa perante a sociedade podia se transformar em uma jovem tão espirituosa quando estavam sozinhos.
Poderia um simples beijo transformar a vida e os anseios de uma dama? Poderia um libertino declarado se encantar pela dama mais adequada da temporada? Seria a atração forte o bastante para se transformar em amor e superar as consequências de sua escolha?

“A Escolha de Lilian Bernnet” é o terceiro volume da série “Irmãos Blackburn” e pode ser lido sem a leitura prévia dos primeiros livros, todavia spoilers dos desfechos anteriores podem ser revelados no decorrer da história.

Link de compra: https://amzn.to/3Ez0UvM.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Se tem um clichê que eu não enjoo, é o do libertino que não quer se apaixonar, mas acaba caindo de quatro pela mocinha. Eu amo num nível! E o mocinho de “A Escolha de Lilian Bernnet” é perfeito, pensem num homem que tem um senso de humor incrível, é super família e tem AQUELA PEGADA. Ô mocinha de sorte!

E a Lilian também é maravilhosa, mesmo com aqueles pais horrorosos que a podaram a vida inteira, sem deixar que se mostrasse verdadeiramente pras pessoas. Nós a conhecemos no primeiro livro da série, “O Segredo de Annelise Clarke”, quando se juntou ao time de moças que tentou conquistar o herdeiro da família Blackburn. Ela chamou a atenção de um total de zero pessoas com a completa falta de personalidade que a gente descobre aqui que foi resultado do rígido controle da família, que sempre exigiu que ela fosse perfeita em tudo. Foi muito bom conhecer a verdadeira Lilian neste livro.

No começo, descobrimos que, anos após debutar, a Lilian finalmente está noiva de um homem que seu pai considera “à altura de uma Bernnet”, mas embora o noivo seja um homem gentil, que a trata bem, a relação dos dois é extremamente fria, sem emoção, “adequada demais”, totalmente diferente do que ela vai sentir quando se aproximar de certo libertino…

Eu amei que a história tem um quê de Colin e Penelope, porque o Joshua conhece a Lilian há bastante tempo, mas nunca teve nenhum interesse nela, mas em certo baile acontece uma situação na qual eles ficam sozinhos e ela mostra um lado que desperta o desejo no nosso mocinho (o que um pouco de conhaque não faz, né?). Um beijo e ele está perdido para sempre…

E as coisas se complicam ainda mais quando o Joshua vai passar um tempo na propriedade que herdou juntamente do título de um tio e descobre que tem os Bernnet como vizinhos. E as duas famílias ainda têm a tradição de organizar um evento em conjunto, o que faz com que Lilian e as irmãs passem um bom tempo na casa dele, já que a mãe decide colocar a organização do evento nas mãos dela, para que comece a se preparar para quando for uma mulher casada e precisar ser anfitriã de suas próprias festas. Isso vai dar bom? Lógico que não!

Além do romance entre a Lilian e o Joshua, este livro foi perfeito para mostrar a transformação da Valerie após o que aconteceu em “Um Presente para Lady Valerie” e o começo do envolvimento da Mary com o irmão da Lilian. Os dois devem ser os protagonistas do próximo volume da série, e estou ansiosa pra conferir esta história também!

Não vou falar mais nada sobre “A Escolha de Lilian Bernnet”, só leiam! Sério, vale muito a pena! Eu amei muito, mesmo que O Mistério de Lady Natalie” siga sendo meu favorito da série.

E é isso, meus amores! Me contem o que acharam de conhecer esta história. Vocês também amam o clichê do libertino que não quer se apaixonar, mas conhece a mocinha e vira cadelinha? 🤔

Publicidade

3 comentários sobre “Resenha: A Escolha de Lilian Bernnet (Irmãos Blackburn #3), Karoline B. Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s