Tag de Ano Novo

Oi, meus amores! Tudo bem? ❤

Vim fazer a Tag de Ano Novo, que vai funcionar meio que como uma meta neste começo de 2022. Eu vi no Instagram da B. C. Siqueira, espero que gostem!

1 – Um clássico que quer ler: estou querendo muito reler “Ana Karenina” e ler “Mulherzinhas”, que comprei em 2020 na edição linda da editora Zahar, mas ainda não li.

Mulherzinhas, Louisa May Alcott

Sinopse:

Romance que inovou a literatura e ainda hoje comove e atrai leitores

Dezembro de 1861, Massachusetts. Meg, Jo, Beth e Amy March enfrentam seu primeiro Natal sem o pai, que serve na Guerra Civil. É o marco inicial da jornada de formação das quatro irmãs, e “Mulherzinhas” as acompanha nesse processo até a vida adulta. Entre alegrias e aflições, desafios e conquistas, perdas e aprendizados, crescemos com elas…

O romance tem sensibilidade, humor e pulso e mostra que um universo familiar e cotidiano pode ser o celeiro de mudanças importantes, ao defender – sem falsa moralidade – princípios como a virtude acima da riqueza, a equidade entre os gêneros e a realização individual sem prejuízo do bem coletivo.

Essa edição traz o texto integral, centenas de notas, apresentação e cronologia de vida e obra de Alcott, além de cerca de 130 ilustrações consagradas de Frank T. Merrill.

Compre aqui.

Anna Karênina, Leon Tolstói

Sinopse:

É um dos maiores romances da literatura universal, uma das obras clássicas que apelam simultaneamente à razão e ao coração do leitor, que o deixam ora eufórico, ora cheio de angústia, e ficam arraigadas, queira ele ou não, em seu imaginário. Seu autor é um conde russo, grande escritor e filósofo do século XIX que sabia retratar o destino de uma pessoa ou uma família qualquer como se fosse o do mundo inteiro, perscrutando, com absoluta lucidez espiritual, os aspectos mais importantes da vida humana. Quem o protagoniza é uma mulher linda e sensual que ousou desafiar as convenções morais de sua época e teve de pagar por isso… O nome desse romance é tão simples quanto revelador: Anna Karênina. Ao evocar nele uma das mais comoventes histórias de amor que jamais foram narradas, Leon Tolstói procura esclarecer diversas questões existenciais que concernem a todos e vai muito além do comum em sua tentativa de encontrar, se não uma receita infalível da felicidade terrena, pelo menos uma plausível explicação dos motivos pelos quais nem sempre é fácil alcançá-la. Tradução direta do russo por Oleg Almeida.

Compre aqui.

2 – Um livro gigante que quer ter coragem de ler: “Guerra e Paz”, de Liev Tolstói. A Patricia Lima está lendo ele com o clube de clássicos dela e estou bem a fim de participar. Se der certo, vai ser o maior livro que li na vida, junto com “Os Miseráveis”.

Sinopse:

Publicada em dois volumes, com tradução de Rubens Figueiredo, a obra monumental de Tolstói é acompanhada por posfácio de Isaiah Berlin.

“O que é ‘Guerra e Paz’?”, questiona Liev Tolstói em um texto que detalha o processo de pesquisa e de criação de sua obra-prima. “Não é um romance, muito menos uma epopeia, menos ainda uma crônica histórica.” Ao acompanhar o percurso de cinco famílias aristocráticas russas no período de 1805 a 1820, Tolstói narra a marcha das tropas napoleônicas e seu impacto brutal sobre a vida de centenas de personagens.
Em meio a cenas de batalha, bailes da alta sociedade e intrigas veladas, destacam-se as figuras memoráveis dos irmãos Nikolai e Natacha Rostóv, do príncipe Andrei Bolkónski e de Pierre Bezúkhov, filho ilegítimo de um conde, cuja busca espiritual serve como espécie de fio condutor e o torna uma das mais complexas personalidades da literatura do século XIX.
Ao descrever o cotidiano e os grandes acontecimentos que se sucederam à invasão de Napoleão em 1812, Tolstói retrata uma Rússia magistral, imponente e, sobretudo, profundamente humana.

Compre aqui.

3 – Um livro que quer reler: “Os Mosqueteiros”. Mais um clássico pra lista, estou voltando a ser cult, Brasil kkkkkk Mas sério, depois de “O Conde de Monte Cristo”, estou querendo pegar tudo do Alexandre Dumas. Estou apaixonada pela escrita desse homem, vocês vão enjoar de me ver falar dele por aqui.

Sinopse:

Obra mais famosa de Alexandre Dumas e um clássico da literatura mundial, “Os Três Mosqueteiros” é um dos livros mais arrebatadores de todos os tempos. Misturando personagens reais, fictícios e romanceados, Dumas coloca seus mosqueteiros em meio às mais perigosas intrigas políticas da Europa do século XVII.

Desde que apareceu como folhetim, em 1844, a história de “Os Três Mosqueteiros” já passou por mil e uma adaptações. Ao longo dos anos, as aventuras de Athos, Porthos, Aramis e d’Artagnan penetraram no imaginário coletivo da humanidade, fazendo esse romance de capa e espada ganhar o status de verdadeiro mito cultural.
Essa nova tradução – integral, ilustrada e anotada –, dos vencedores do prêmio Jabuti André Telles e Rodrigo Lacerda, permite que os leitores de hoje voltem a ter contato com o texto original de Alexandre Dumas.
O livro inclui mais de 100 ilustrações originais e 200 notas. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.

Compre aqui.

4 – Um autor que já leu e quer voltar a ler: além do Dumas, estou a fim de continuar explorando a “Cosmere” do Brandon Sanderson. Comecei no ano passado com a primeira era de “Mistborn” e este ano quero ir pra segunda, e também ler “Elantris” e “The Way of Kings”, que vem aí pela editora Trama (confiram aqui uma lista de lançamentos incríveis confirmados para 2022).

Elantris

Sinopse:

Dez anos atrás, a Shaod teria transformado Raoden em um Deus. Agora, em vez de transformar as pessoas em deidades de pele prateada, ela as tornava monstruosidades repulsivas. Raoden abanou a cabeça em descrença. “A Shaod era uma coisa que acontecia com os outros – com pessoas distantes. Com gente que merecia ser amaldiçoada. Não com o príncipe herdeiro de Arelon. Não com Raoden.” Elantris era conhecida como a cidade dos deuses. Nela apareciam pessoas de todos os lugares para tentar receber a cura e magia que somente uma transformação chamada Shaod poderia ocasionar. Porém, há dez anos, as coisas começaram a mudar e a magia transformou Elantris em uma cidade amaldiçoada, onde as pessoas tocadas por Shaod se transfiguravam em seres sem vida e sem sentidos próprios. A maldição os tornava mortos-vivos. Um thriller que vai transportar o leitor para um universo onírico e recheado de magia, no qual os piores pesadelos podem se tornar realidade. O príncipe Raoden, de Arelon, foi um dos tocados pela maldição que o levou a viver, ou a tentar sobreviver, em meio à loucura e maldições da cidade caída que, desde a maldição, tornara-se um cemitério para os que foram amaldiçoados. Prestes a se casar com Sarene, filha do rei de um país vizinho de Arelon – uma mulher que nem chegou a conhecer pessoalmente, mas que, mesmo com um casamento politicamente forçado, passou a conviver por meio de cartas -, o príncipe é dado como morto, uma situação que parece ser irremediável, mas que precisa de explicações. E são esses mesmos esclarecimentos que Sarene procura ao chegar em Arelon e descobrir que tornara-se viúva antes mesmo de conhecer seu marido. E a partir daí começa a entender que terá que tomar conta de tudo sozinha, principalmente de um homem chamado Hrathen, um dos mais poderosos nobres, que está disposto a substituir o rei Iadon, pai de Raoden, para poder converter o país à religião Shu Dereth.

Compre aqui o e-book.

Mistborn: Nascidos da Bruma – Segunda Era

Sinopse:

A grande aposta da fantasia mundial está de volta com a esperada “Segunda Era” de “Mistborn”. Brandon Sanderson, um dos mais aclamados autores de fantasia da atualidade, está de volta com a aguardada “Segunda Era” de “Mistborn”. Cumprindo a sua promessa feita aos leitores, a LeYa publica simultaneamente os três volumes escritos da saga num maravilhoso box, com ilustrações de Marc Simonetti e capas que, assim como na “Primeira Era”, constroem juntas uma só imagem. Além dos volumes 4, 5 e 6, já finalizados pelo autor, o box traz um caderno exclusivo ocupando o espaço onde será inserido o sétimo e último volume, a ser lançado futuramente. A “Segunda Era” de “Mistborn” mostra o progresso de Scadrial, 300 anos após os acontecimentos da primeira saga, que apresentou ao público as aventuras protagonizadas por Vin, Elend, Kelsier e cia. Mas, a evolução do planeta está em risco, e caberá a Wax Ladrian, um raro Duplonato – ser que tem a capacidade de combinar os metais usando a alomancia e a feruquemia, lutar para garantir a harmonia conquistada a duras penas. Admirado por nomes do quilate de George R. R. Martin, a série confirma o talento de Sanderson na criação de universos e sistemas de magia consistentes, além da construção de histórias de tirar o fôlego, que nenhum fã do gênero pode pensar em perder. 

Compre aqui o box.

The Way of Kings (The Stormlight Archive #1)

Sinopse:

Do autor best-seller do New York Times, Brandon Sanderson, “The Way of Kings”, primeiro livro da série “Stormlight Archive”, começa uma nova saga incrível de proporções épicas.

Roshar é um mundo de pedra e tempestades. Tempestades misteriosas de incrível poder varrem o terreno rochoso com tanta frequência que moldaram a ecologia e a civilização. Os animais se escondem em conchas, as árvores puxam os galhos, e a grama se retrai para o solo árido. As cidades são construídas apenas onde a topografia oferece abrigo.

Passaram-se séculos desde a queda das dez ordens consagradas conhecidas como Cavaleiros Radiantes, mas seus Shardblades e Shardplates permanecem: espadas místicas e armaduras que transformam homens comuns em guerreiros quase invencíveis. Homens trocam reinos por Shardblades. Guerras foram travadas e vencidas por eles.

Uma dessas guerras ocorre em uma paisagem em ruínas chamada Planícies Quebradas. Lá Kaladin, que trocou seu aprendizado médico por uma lança para proteger seu irmão mais novo, foi reduzido à escravidão. Em uma guerra que não faz sentido, em que dez exércitos lutam separadamente contra um único inimigo, ele luta para salvar seus homens e sondar os líderes que os consideram dispensáveis.

Brightlord Dalinar Kholin comanda um desses outros exércitos. Como seu irmão, o falecido rei, ele é fascinado por um antigo texto chamado “O Caminho dos Reis“. Perturbado por visões avassaladoras dos tempos antigos e dos Cavaleiros Radiantes, ele começou a duvidar de sua própria sanidade.

Do outro lado do oceano, uma jovem inexperiente chamada Shallan procura treinar com uma estudiosa eminente e herege notória, a sobrinha de Dalinar, Jasnah. Embora ela genuinamente ame aprender, os motivos de Shallan são menos do que puros. Enquanto ela planeja um roubo ousado, sua pesquisa para Jasnah sugere os segredos dos Cavaleiros Radiantes e a verdadeira causa da guerra.

O resultado de mais de dez anos de planejamento, escrita e construção de mundo, “The Way of Kings” é apenas o movimento de abertura de “Stormlight Archive”, uma ousada obra-prima em construção.

Repita os antigos juramentos:

Vida antes da morte.
Força antes da fraqueza.
Viagem antes do destino.

e devolver aos homens os fragmentos que outrora carregaram.

Os Cavaleiros Radiantes devem se levantar novamente.

5 – Uma série que quer ler do começo ao fim: “A Saga dos Corvos”, da Maggie Stiefvater. Eu tinha colocado na lista de 2021, mas acabou ficando pra este ano mesmo.

Sinopse do Livro 1:

Todo ano, na véspera do Dia de São Marcos, Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los ― até este ano, quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela. Seu nome é Gansey, e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby, a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos, eles só podem significar encrenca. Gansey tem tudo ― dinheiro, boa aparência, amigos leais ―, mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam, o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan, a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah, o observador taciturno, que percebe muitas coisas, mas fala pouco. Desde que se entende por gente, as médiuns da família dizem a Blue que, se ela beijar seu verdadeiro amor, ele morrerá. Mas ela não acredita no amor, por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora, conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos, ela não tem mais tanta certeza.

Compre aqui o box.

6 – Uma série que já começou e quer terminar: “Família Chase”, da Lauren Royal. Eu li “Irremediável Tentação” e amei, mas “A Tentação de Juliana” e “A Arte da Tentação” ficaram pra 2022. Pretendo ler no box lindo lançado pela Cherish que até já baixei pelo Kindle Unlimited.

** BOX ESPECIAL COM A TRILOGIA FAMÍLIA CHASE ***
* IRREMEDIÁVEL TENTAÇÃO
* A TENTAÇÃO DE JULIANA
* A ARTE DA TENTAÇÃO

IRREMEDIÁVEL TENTAÇÃO
Inglaterra, 1815: sendo a mais velha de três irmãs, lady Alexandra Chase sempre fez o que se esperava dela. Mas, quando o homem que ama desde sua infância retorna de um longo período no exterior, a jovem de repente se vê ansiosa para que o pretendente escolhido por seu irmão não a queira. Alexandra até decide que irá recusá-lo, porém o homem de seus sonhos informa que não tem intenção de se casar com ela.

A última vez que Tristan Nesbitt viu Alexandra, ele era um homem comum, sem esperança de se casar com a filha de um marquês. Sete anos depois, retornando como lorde Hawkridge, acredita que poderá reivindicar a mulher que há muito tempo capturou seu coração. Mas um terrível escândalo manchou seu nome na Inglaterra – um escândalo tão horrível que casar-se com Alexandra arruinaria não apenas a reputação impecável da moça, como também a de toda a sua família.

Para o bem de Alexandra, ele deve lutar contra seus desejos implacáveis e ficar o mais longe possível dela…

A TENTAÇÃO DE JULIANA

Lady Juliana Chase não quer nada além de ver todos ao seu redor felizes. É por isso que ela sente tanto prazer em brincar de casamenteira. Seus últimos esforços envolvem o Dr. James Trevor, o conde de Stafford, e sua boa amiga Amanda, que são absolutamente perfeitos um para a outro. Então, por que diabos o belo médico está ignorando as boas intenções de Juliana e arruinando seus planos cuidadosamente estabelecidos? Depois de perder a esposa, James se enterrou em seu trabalho, abrindo uma clínica para vacinar os pobres de Londres contra a varíola. A última coisa que ele quer é se apaixonar por outra mulher. Então, quando Juliana se intromete em sua vida amorosa, ele fica surpreso ao se ver apaixonado – mas não por Amanda. Agora ele deve virar a mesa e vencer Juliana no seu próprio jogo, ou correr o risco de perder a beldade determinada que despertou seus desejos e conquistou seu coração…

A ARTE DA TENTAÇÃO

 Um irlandês sexy
♥ A filha de um marquês rebelde
♥ Um golpe planejado
♥ Um retrato nu
♥ Dois romances quentes, o dobro da diversão!

Um romance duplo: Sean e Corinna + Griffin e Rachael!

Sean Delaney não precisa de admiradoras, mas tudo o que ele quer é o divórcio – para sua irmã, é claro. Pena que seu marido podre, o recluso pintor John Hamilton, não consentirá, a menos que Sean concorde em ajudá-lo a realizar um golpe. Com a felicidade de sua irmã em jogo, Sean não tem escolha. Mas ele não será capaz de fazer isso sozinho…

Embora lady Corinna Chase esteja mais interessada em seguir sua arte do que em encontrar um marido, ela não pode deixar de notar o belo irlandês que se mudou para a casa ao lado. Quando logo fica evidente que seu novo vizinho não é quem diz ser, em vez de expô-lo, ela se vê envolvida na farsa. À medida que a colaboração se transforma em admiração e a tentação gera desejo, Corinna enfrenta uma escolha difícil: ela abandonará suas ambições artísticas ou desistirá do homem que passou a amar?

Enquanto isso, o irmão de Corinna, Griffin, está ajudando sua atraente prima Rachael a encontrar o pai. Graças a Deus, eles são primos, porque Rachael deixou claro que nunca se casaria com um parente. Só que… eles descobrem que ela não é prima dele. Meu Deus, ele está realmente com problemas agora…

Compre aqui o box.

E são essas as minhas respostas, agora me contem: qual o livro que vocês mais querem ler em 2022? 🤔

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s