Resenha: Série Slow Burn, Maya Banks

Oi, meus amores! Tudo bem? ❤

Vim falar com vocês sobre uma série de romance contemporâneo perfeita para quem curte histórias quentes e mocinhos sedutores, perigosos e extremamente protetores, que matam e morrem pela mulher que amam. Além disso, temos doses deliciosas de suspense e perigo e um toquezinho paranormal, já que todas as mocinhas, exceto a do quarto livro, possuem poderes psíquicos, assim como alguns dos vilões.

As histórias são focadas nos irmãos Devereaux e nos homens que trabalham na DSS, a empresa familiar de segurança fundada por eles após sua irmã caçula ser sequestrada e brutalizada por um psicopata. É claro que se importam com o lucro, mas também não resistem a ajudar uma “donzela em perigo”, e essa é a premissa central de cada um dos livros, exceto, em parte, a do terceiro. E não posso deixar de falar que as histórias têm cenas de violência, torturas física e psicológica e estupro, não sendo recomendadas a quem é sensível a esses temas.

Cada romance é protagonizado por um casal e possui começo, meio e fim, então todos podem ser lidos de forma independente ou fora de ordem, mas eu, particularmente, recomendo que sigam certinho a sequência de publicação a seguir…

Proteja-me

Sinopse:

Caleb Devereaux é um homem atraente, herdeiro de uma família rica e poderosa. Quando sua irmã caçula é sequestrada, ele tenta de tudo para encontrá-la, mas todos os esforços são em vão. A última esperança é Ramie St. Claire, uma jovem sensitiva de quem ouve falar e que teria o poder de se conectar com pessoas localizando-as ao tocar em um objeto delas.
Caleb conhece Ramie e instantaneamente os dois percebem que a atração entre eles é intensa. O que o milionário não imagina é que a habilidade da bela moça tem um alto preço: ela vivencia a dor de quem ajuda, e isso custa-lhe sua própria vitalidade. Por isso, depois de achar a sequestrada, Ramie desaparece da vista do rapaz.
Ao mesmo tempo arrependido pelo sofrimento causado à jovem e profundamente fascinado por ela, ele tenta encontrá-la sem êxito. E quando pensa que Ramie havia partido para sempre, ela reaparece, e desta vez é ela quem pede ajuda. Seu dom a colocou em perigo, e ela está sendo perseguida. Agora, Caleb vai fazer qualquer coisa para protegê-la, arriscando tudo, inclusive seu próprio coração.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

O primeiro livro da série é protagonizado por Caleb Devereaux, um rico e poderoso homem que teve a irmã sequestrada por um maníaco e, apesar de todos seus esforços, não possui nenhuma pista sequer de onde ela possa estar. Ele decide apelar, então, à sua última esperança: Ramie St. Claire, uma jovem que possui uma misteriosa habilidade que a fez obter 100% de sucesso em todos os casos que ajudou a solucionar.

Ramie está se escondendo em uma pequena cabana na montanha e não fica nada feliz em ver um desconhecido à sua porta. Ela está cansada de todos a procurarem por seu dom, que cobra um alto preço de si, obrigando-a a sofrer junto das vítimas. No entanto, Caleb não lhe dá a escolha de recusar a ajuda e a obriga a segurar um objeto que pertence à irmã, conectando-a automaticamente a ela.

O plano de Caleb dá certo e ele consegue encontrar a irmã, mas a culpa por ter feito Ramie passar por algo tão terrível o assola e o faz tornar a procurá-la para se desculpar e se colocar à disposição para qualquer coisa que ela precise. Contudo, Ramie desapareceu sem deixar qualquer pista de seu paradeiro, e eles só tornam a se encontrar um ano depois, quando ela implora por proteção contra um perigoso assassino com dons psíquicos que deseja matá-la da forma mais lenta e agonizante possível.

Caleb coloca todos os recursos da empresa de segurança que montou após o que aconteceu com a irmã à disposição de Ramie, mas decide cuidar pessoalmente da jovem que mexe tão profundamente com seu coração. A paixão entre eles surge de forma rápida e intensa, e os dois não demoram a se render a ela. Só que o inimigo está por perto e não permitirá que nada o impeça de levar a cabo seu plano de acabar com Ramie…

É uma leitura bem rápida e viciante que nos deixa tensos pra descobrir quem é o inimigo e se ele vai conseguir se aproximar da nossa mocinha. A escrita da Maya Banks é simplesmente deliciosa, fluida demais. O romance acontece bem rápido, o que não é um problema para mim, porque adorei o casal, mas acho bom avisar porque sei que nem todo mundo curte histórias assim. Enfim, recomendo a leitura! Acho que vale a pena dar uma conferida e, se curtir a pegada desse primeiro volume, dar seguimento à série, pois embora tenham plots diferentes, todos os livros seguem a mesma fórmula desse.

Salve-me

Sinopse:

O que pode acontecer quando uma heroína determinada encontra um herói alfa sexy?

Abandonada quando bebê, dentro de um cesto, para o jovem e rico casal Gavin e Ginger Rochester, Arial cresceu em um mundo de privilégios. Sua única ligação com seu passado encontra-se em algo que a distingue de todos os outros: seus poderes telecinéticos. Protegida por seus pais adotivos e escondida do público para manter seu dom em segredo, Ari cresce no colo do luxo e isolamento. Até que, quando jovem, alguém começa a ameaçar sua vida…

Beau Devereaux é um homem frio, rico e poderoso, CEO da DSS, empresa de segurança criada pela família, após todos os sinistros acontecimentos com o irmão Caleb e a cunhada Ramie. Beau é mais do que familiarizado com as realidades de poderes psíquicos. Assim, quando Ari o procura, dizendo que seus pais haviam desaparecido, e que ela precisa de proteção, ele se prontifica a ajudar. O que Beau não está preparado é para a extensão de sua atração por sua bela e poderosa cliente.
O que começou como uma simples tarefa, apenas como mais um trabalho, rapidamente se transforma em algo pessoal, e Beau descobre que é capaz de qualquer coisa para proteger Ari. Mesmo que isso lhe custe a vida.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

Em “Salva-me”, conhecemos Ari, uma jovem que possui uma telecinese poderosa. Ainda bebê, ela foi adotada por um rico casal que não podia ter filhos. Eles a amam intensamente e fazem de tudo para protegê-la, no entanto nem todo o dinheiro e poder que possuem são suficientes para impedir que, numa perigosa e complicada situação, ela acabe se expondo e revelando seu segredo ao mundo.

Os pais de Ari decidem que o melhor a fazer é se esconderem até que a poeira abaixe, mas antes que consigam, caem numa armadilha feita por uma misteriosa organização que tem ligação com a origem de Ari. Ela consegue fugir, mas seus pais acabam sendo sequestrados. Para conseguir resgatá-los, Ari decide procurar os Devereaux, as únicas pessoas nas quais seu pai parece confiar. Assim, seu caminho se cruza com de Beau, o irmão do meio, que toma para si a missão de garantir a segurança da jovem. A convivência fará com que os dois acabem se envolvendo um com o outro e vivendo um romance intenso e sensual.

A Ari é minha mocinha favorita da série. Ela começa o livro tímida, retraída e desconfortável com os próprios poderes e termina super forte e confiante. Foi uma evolução e tanto. Não vou dar spoiler, mas o final desse livro é maravilhoso. Foi o que teve a ação melhor desenvolvida entre todos, parece até coisa de filme. O Beau também é incrível, o tipo de homem que, tirando ali o lado mandão, qualquer mulher adoraria ter ao seu lado. Fui conquistada pelos dois, formam realmente um casal sensacional. Adorei conferir a história deles e acho que vocês sentirão o mesmo.

Descubra-me

Sinopse:

Duas vidas entrelaçadas nos mistérios de um passado que precisa ser revelado

Há 12 anos, Zack perdeu o amor de sua vida. Sem saber se Gracie morreu ou se ela o abandonou, ele procura qualquer pista sobre o seu paradeiro, tentando pôr um fim ao tormento. Sua carreira no futebol americano foi deixada de lado, pois nada teria mais importância que descobrir o motivo de Gracie ter desaparecido. Empregado pela DSS, a empresa de segurança dos irmãos Devereaux, Zack se torna o braço direito de Caleb e Beau, atento a qualquer informação que o desperte do seu pior pesadelo e traga de volta a sua felicidade.
***
Há 12 anos, Anna-Grace foi traída pelo homem que havia jurado jamais lhe fazer mal. Escondendo um passado terrível enquanto se mantém sob a proteção do poderoso Wade Sterling, ela quer apenas se manter longe de todas as memórias que a destruíram por completo: esquecer o homem que a arruinou e que ela um dia havia amado.

Anna-Grace queria esquecer que um dia amou Zack.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

A partir de “Descubra-me”, os irmãos Devereaux ficam um pouco de lado e dão chance a seus homens de protagonizarem as histórias, mas é claro que eles continuam tendo participações marcantes, afinal são os donos da p**** toda.

O primeiro dos empregados da DSS a brilhar é o Zack, um homem que conheceu a mulher de sua vida ainda na época de escola. Eles viveram um romance lindo e permeado de sentimentos sinceros, no entanto, certo dia, sem deixar sequer um recado, ela simplesmente desapareceu de sua vida, partindo seu coração em pedaços.

Zack não teve escolha a não ser seguir em frente, acreditando que nunca mais veria a garota que amou. Só que o destino, sem mais nem menos, faz seus caminhos voltarem a se cruzar, e o coração dele é novamente partido ao olhar nos olhos dela e não enxergar nada além do mais puro e intenso pavor. Isso não faz o menor sentido para Zack, afinal tudo o que ele fez a ela foi devotar-lhe seu mais profundo sentimento.

Assim como Ramie e Ari, Gracie também tem um dom: o de ler mentes. Por esse motivo, não tem como ela estar enganada a respeito da barbaridade que Zack fez a ela no passado. Gracie só não entende por que ele parece tão devastado agora, e por que insiste em procurá-la depois de tudo que lhe fez. Será que não foi suficiente destruí-la daquela maneira?

Diferentemente dos demais livros da série, o foco de “Descubra-me” não é garantir a segurança de Gracie e protegê-la de um inimigo específico, e sim descobrir o que aconteceu a ela no passado. É uma história sobre recomeços e segundas chances no amor, e também sobre a força necessária para seguir em frente depois de perder aquilo que é mais importante. Sofri muito por Gracie e Zack, mas, ao mesmo tempo, adorei vê-los se reencontrando, esclarecendo as coisas e voltando a se conectar um com o outro.

É nesse livro também que temos uma das melhores coisas da série: a união das mulheres para resgatar uma delas que se encontra em perigo. Foi maravilhoso ver isso, sério! Uma coisa que sempre me incomodou foi vê-las muito debaixo das asas dos mocinhos, mas aqui elas tomam a atitude de enfrentá-los e ir pra linha de frente. Foi um final épico que coroou o livro com chave de ouro, na minha opinião.

Perigosa Atração

Sinopse:

Depois de ajudar a colocar na cadeia o monstro que a aterrorizou na adolescência, Eliza Cummings mudou completamente de vida. Com um novo nome e uma missão, ela torna-se especialista em proteger pessoas. Mas nem mesmo seus dez anos de treinamento poderiam prepará-la para a notícia que acabou de receber: seu pior pesadelo está de volta, em liberdade. Agora, para salvar a todos que ama, ela precisa enfrentá-lo. Sozinha. Porém, ela não contava que Wade Sterling fosse insistir em ajudá-la.

Avaliação: 🌟🌟🌟

“Perigosa Atração” é o livro que eu menos gostei na série, porque eu esperava mais, BEEEEM MAIS da mocinha, mesmo ela sendo a única sem poderes. Nós conhecemos a Eliza desde “Proteja-me” como uma mulher incrível e super empoderada, porém, no próprio livro, esse lado “bad ass” ficou muito aquém das expectativas. No entanto, o que realmente me fez passar raiva foi o Wade, o “mocinho”.

Aqui nós descobrimos que a Eliza possui um passado misterioso e cheio de segredos, entre eles um perigoso inimigo que volta para assombrá-la no presente, e a Eliza não seria ela mesma se não decidisse enfrentá-lo cara a cara. Entretanto, porém, todavia, ela não estará tão sozinha nessa como esperava, uma vez que certo homem que a tira dos nervos desde que se conheceram no livro anterior decide entrar na história sem nenhum convite…

Até ali, não teria problema, afinal a Eliza estava se metendo numa situação extremamente perigosa e seria bom receber uma ajudinha. O que me incomodou demais foi que ele tomou as rédeas da situação, tirando todo o controle dela sobre o assunto. Eu odiei ver o Wade tratando a Eliza como uma criança e ela se submetendo tão facilmente aos desmandos dele, queria vê-la arrastando a cara dele no asfalto pela ousadia. É o exemplo perfeito de casal cão e gato que não me agradou. Ainda assim, o livro não é de todo ruim. Como os demais da série, foi uma leitura rápida e gostosa, que me prendeu mesmo me irritando em determinados momentos. Fico feliz que a Maya tenha dado uma chance à Eliza de ter sua própria história contada na série.

Toque Perigoso

Sinopse:

Criada em um rigoroso culto religioso durante toda a sua juventude, Jenna não conhece nada do mundo exterior além de vagos flashes de memória que sequer parecem ser desta vida. Memórias que servem como consolo, principalmente quando os líderes do culto descobrem que Jenna possui uma extraordinária habilidade de cura – e isso se torna motivo para que Jenna seja punida por um dom proibido: anos sendo castigada e colocada em reclusão por ser diferente. Jenna se torna uma mulher frágil e tímida, pelo menos é a maneira que ela encontrou de sofrer menos, enquanto busca o momento perfeito para fugir.

Isaac é o recruta mais rebelde da Devereaux Security e mal consegue conter a sua ira quando alguém tenta roubar sua picape, mas quando descobre que o ladrão é na verdade uma jovem aterrorizada, sua raiva se transforma em compaixão e empatia. Isaac está disposto a ajudá-la, porém será Jenna a sua verdadeira protetora. E com apenas um toque, ela salvará sua vida e seu coração.

Em “Toque Perigoso”, a autora best-seller Maya Banks nos oferece mais uma história do mundo “Slow Burn” e mais personagens belos, perigosos e sedutores.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

Eu não sei por que, mas esse virou meu livro favorito da série. É o romance que acontece mais rápido, pois Isaac encanta-se por Jenna desde que a vê pela primeira vez e ela salva sua vida, mas é tudo tão lindo, que me encantou desde o comecinho.

Nossa mocinha cresceu totalmente isolada do mundo, passando a vida praticamente inteira com um grupo de fanáticos religiosos que a tratavam pior que um animal e a mantinham viva apenas por causa de seu dom: curar os feridos e doentes. No entanto, quando ela ficou mais velha, um rico e poderoso homem descobriu sua existência e a comprou dos seus “donos”. As intenções dele são ainda piores que as dos sacerdotes da seita, e o medo que desperta nela é tão grande, que Jenna simplesmente dá um jeito de fugir de sua prisão antes que aquele monstro volte. É quando ela encontra Isaac, que toma um tiro no coração por ajudá-la e, depois de ser curado, resgata-a e torna seu objetivo de vida mantê-la livre e em segurança.

Os homens da DSS são como uma verdadeira família e se unem a Isaac na missão de proteger Jenna, porém isso será bem mais complicado do que eles esperam, porque o homem que a quer é mais perigoso do qualquer inimigo que eles tenham enfrentado antes e não desistirá dela por nada.

O livro tem toda aquela aura de perigo dos anteriores, mas também tem um componente muito divertido. Por viver isolada, Jenna sabe muito pouco sobre o mundo real e precisa aprender as coisas mais básicas. É muito legal vê-la tomando um susto com a televisão, por exemplo, e a paciência e o cuidado do Isaac para com ela deixaram meu coração muito quentinho. Gostei muito do desenvolvimento do romance, mesmo sendo um caso de “instalove”. Leitura mais do que recomendada!

E é isso, meus amores! Espero que tenham gostado de conhecer essa série! Agora me contem: vocês curtem mocinhos protetores ou fazem parte do time que se irrita com eles? 🤔🤔🤔

Um comentário sobre “Resenha: Série Slow Burn, Maya Banks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s