Resenha: Corações Sombrios (Saga Radegund #5), Drica Bitarello

Oi, meus amores! Tudo bem com vocês? ❤

Vim trazer a resenha do quinto volume da minha série histórica favorita. Os livros anteriores já foram resenhados no blog, cliquem aqui para conferir. Agora bora saber mais sobre esta história!

Sinopse:

Sicília, 1196.

Luxúria, intriga, paixão, traição e poder. Na ensolarada e cosmopolita Messina, Mark al-Bakkar enfrenta um inimigo ardiloso, capaz de levar uma obsessão às últimas consequências.

Enquanto luta para descobrir o paradeiro de Radegund, desaparecida misteriosamente, Mark se vê enredado numa teia diabólica, onde seus interesses pessoais vão colidir com os intrincados jogos de poder da Sociedade da Hidra.

Enquanto isso, correndo contra o tempo, Ragnar e Leila partem em busca de Hrolf, conduzindo uma misteriosa passageira que irá mudar para sempre o destino do amargurado rastreador.

Apanhada de roldão no embate de forças entre Ghalib ibn-Qadir, seu irmão, e o poderoso Mark al-Bakkar, Jamila se vê cativa de Hrolf, o estrangeiro frio e amargo que a conduz como um reles peão numa perigosa jornada através da Palestina.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

“Corações Sombrios” se inicia três anos após os chocantes e devastadores eventos de “O Despertar do Dragão” e inaugura uma nova fase na série. Agora os inimigos são de carne e osso, embora isso não os torne menos terríveis de forma alguma. E já aviso que os anos mexeram bastante com os personagens e alguns deles aparecem bem diferentes do que estamos acostumados, ainda que a essência continue a mesma.

Neste livro, os holofotes são lançados sobre Hrolf, que se tornou um homem amargurado após a perda de sua amada Saori e a descoberta de que ela era uma mulher bem diferente do que ele esperava. No entanto, aqui ele terá uma nova chance de viver o amor, quando se tornar o guardião de uma bela e delicada mulher que conseguirá, pouco a pouco, penetrar as defesas que ergueu em torno de seu coração endurecido.

Além de Hrolf, os demais personagens que amamos também têm participações marcantes, exceto Gilchrist e Ulla, que são apenas mencionados pelos outros. Mark e Radegund (preciso confessar que ainda estranho um pouco vê-los como casal) fazem um novo e poderoso inimigo: Ghalib, um rico e ardiloso mercador siciliano capaz de tudo para conseguir o que quer e que vê as demais pessoas como meros peões em seus jogos de poder. E nesse embate de forças, acabará sobrando para Jamila, a doce (tirando quando está “naqueles dias”, aí ela vira o cão. Eu ri demais nessa parte 😂😂😂) e inocente irmã de Ghalib, que será raptada e usada como moeda de troca por Mark (como eu disse, os personagens estão bem diferentes e dispostos a usar táticas não muito limpas para conseguir o que querem), que a colocará aos cuidados de Hrolf. Já Ragnar e Leila partem de Svenhalla em uma luta contra o tempo para encontrar o rastreador, levando com eles uma mulher com contas a acertar com Hrolf. E junto deles, ainda vão Terrwyn e Björn, que estão com a relação estremecida após as misteriosas visitas do capitão a lugares não muito adequados a um homem de família, se é que vocês me entendem… Até o Aswad  e a Trudy fazem uma apariçãozinha para balançar as coisas.

Em “Corações Sombrios”, também conhecemos Abdul, o irmão bastardo e o braço direito de Ghalib, um personagem que divide nossa opinião e nos deixa curiosos sobre quais são suas verdadeiras intenções e onde sua lealdade realmente reside. A única coisa que sabemos com certeza é a paixão intensa que ele sente por Amira, a principal concubina de Ghalib, a quem nunca tocou em respeito à posição que ela ocupa na vida do irmão. E, além disso, somos apresentados a uma misteriosa agente da Sociedade da Hidra, que diferente do que aconteceu nos livros anteriores, não se mostra uma pessoa tão confiável quanto deveria.

Preparem-se para um romance cheio de intrigas, aventuras e paixões arrebatadoras, além de uma dose riquíssima de história como só uma autora brilhante como a Drica poderia nos brindar. Aqui passamos por cenários que já vimos em “Reino dos Céus”, como Tiro, mas também visitamos Chipre, Messina e outras cidades que adorei conhecer. Sou apaixonada por livros com viagem, e neste somos transportados várias vezes de um cenário para outro, o que foi delicioso de acompanhar. As páginas voaram assim como nos outros volumes da série, e o final deixou muitas pontas soltas para o livro que encerrará a jornada iniciada há quase uma década por nossos queridos personagens. E ao mesmo tempo em que estou louca para lê-lo, também sinto que não estou totalmente preparada para me despedir. Vamos ver o que o próximo e último capítulo nos reserva…

E é isso, espero que tenham ficado curiosos para conferir de perto mais um livro desta saga maravilhosa. “Corações Sombrios” está disponível em e-book na Amazon: https://amzn.to/2Ty1HGY; já a edição física está em pré-venda na editora Sarvier: https://sacola.pagseguro.uol.com.br/03839cfe-4815-45da-8982-aa00d7d6f85f. Aproveitem para garantir o exemplar de vocês autografado, com um super desconto e brindes exclusivos!

Obrigada pela visita, beijos e até o próximo post! 😘😘😘

4 comentários sobre “Resenha: Corações Sombrios (Saga Radegund #5), Drica Bitarello

  1. Ahhhhh, está aí uma série que só leio coisas boas sobre ela. Uma amiga é super apaixonada por esses livro e fala muito bem deles. Eu tenho o primeiro. Preciso ler. Vou colocar esse livro 5 na minha lista de desejados tb.

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s