Irmãos Blackburn, Karoline B. Santos

Oi, meus amores! Tudo bem com vocês? ❤

Hoje eu vim falar sobre uma série de época escrita por uma autora parceira que já apareceu por aqui quando eu li e resenhei “A Temporada de Olivia”, que, a propósito, eu adorei e super recomendo (confiram a resenha aqui caso ainda não tenha visto). Aqui somos apresentados à aristocrática família Blackburn, composta por cinco irmãos e irmãs. Estão previstos um livro para cada um deles, mas por enquanto foram lançados apenas dois, e é sobre eles que eu vim conversar com vocês.

O Segredo de Annelise Clarke

Sinopse:

Annelise Clarke vê seu mundo virar de cabeça para baixo quando o pai vem a falecer de tuberculose, deixando-a sob os cuidados de um irmão tirano e mal-intencionado. Após ser agredida, Annelise decide escapar das garras do irmão e, em meio aos preparativos para fuga, encontra um baú secreto do falecido pai com centenas de cartas endereçadas à condessa de Ashworth. Ansiosa e otimista, a jovem parte para a residência da mulher em busca de ajuda.
Henry Blackburn cresceu ciente de que um dia herdaria o título, a fortuna e a responsabilidade por seus familiares e estava satisfeito com isso. Todavia, com o pai à beira da morte, Henry se surpreende quando uma condição é apresentada para que receba sua herdade: deve se casar com uma moça adequada, de boa família e fortuna, e teria até um ano após o falecimento do pai para apresentar a nova condessa. Isso não parece problema para o homem, até cruzar com a espontaneidade de Annelise Clarke, a protegida misteriosa de sua mãe.
Annelise sabia que os motivos que a deixaram permanecer na residência dos Blackburn não eram corretos, mas foram sua única chance de sobreviver. O que ela não esperava era se apaixonar pelo herdeiro da mulher e colocar todo seu plano em risco. Em meio a bailes, pescarias e encontros clandestinos, Henry precisa criar coragem para enfrentar a sociedade e desposar uma simples camponesa, enquanto Annelise precisa ser forte para revelar o segredo por trás de sua permanência em Beaumont Abbey. Seria a verdade dura demais para ser superada?

Link de compra: https://amzn.to/3hCmpz6.

Avaliação: 🌟🌟🌟

No livro que abre a série “Irmãos Blackburn”, acompanhamos a história de Annelise Clarke, uma jovem camponesa que cresceu cercada de amor e, embora nunca tenha sido rica, nunca passou nenhuma privação. Ela perdeu a mãe muito cedo, mas seu pai se dedicou intensamente para suprir essa falta, porém, em seus cuidados para com a caçula, acabou negligenciando o primogênito, Edmund, que foi quem mais sofreu com a morte da mãe.

A vida de Annelise começa a mudar aos quatorze anos, quando o irmão se forma na faculdade e muda-se para Londres, onde passa a levar uma vida desregrada que acaba por destruir as finanças da família. E as coisas se complicam de vez quando o pai dela pega uma súbita doença e falece, fazendo com que Edmund herde tudo e termine de dilapidar os poucos bens que restaram. Ele não dá a mínima para a irmã, que passa a sofrer grandes privações e a depender da boa vontade dos vizinhos para ter o que comer. Sua vida só não fica pior graças a Agnes, uma criada fiel que se mantém ao lado dela apesar de tudo e com quem divide as tarefas domésticas.

Conforme o dinheiro diminui, Edmund fica mais e mais estressado, até que um dia volta para casa e espanca a irmã cruelmente, obrigando-a a fugir. Na pressa para partir, ela acaba esbarrando num baú cheio de cartas incriminadoras que mostram que, após a morte da mãe, o pai acabou se envolvendo com Valerie Blackburn, uma condessa casada. Sem ter para onde ir, Annelise decide procurar a lady em busca de emprego e proteção, mas ela se revela uma mulher fútil e mesquinha, e o que começa como um humilde pedido de ajuda, termina em chantagem.

Annelise obriga Valerie a acolhê-la como protegida em sua casa. Ali ela passa a ter aulas de etiqueta e a aprender a se comportar como uma dama, para que possa encontrar um bom marido que seja capaz de mantê-la longe das garras do irmão. Annelise começa a conviver com os filhos da condessa e acaba fazendo amizade com Natalie e Mary Blackburn, duas jovens que têm idades bem próximas da dela, e sente seu coração bater mais forte por Henry, o primogênito.

O conde está gravemente doente e começa a se preocupar com o fato de seu herdeiro ter chegado aos trinta anos e continuar solteiro, por isso lhe dá um ultimato dizendo que, se não encontrar uma moça de linhagem nobre e se casar em até um ano de sua morte, o condado passará para seu segundo filho, Joshua. Henry não fica nada feliz com a ideia de perder seu direito de nascença, por isso, mesmo a contragosto, decide começar a procurar uma esposa. O problema é que a mulher que desperta sua paixão parece não ter qualquer ligação com a aristocracia.

Apesar do início conturbado, “O Segredo de Annelise Clarke” acabou se mostrando um livro super fofo, que aqueceu meu coração. É muito gostoso acompanhar a aproximação dos nossos mocinhos e vê-los se encantando cada vez mais um pelo outro, mesmo sabendo que, em algum momento, as coisas vão se complicar, quando a chantagem vier à tona. Só que os dois têm pensamentos e atitudes que me incomodaram um pouco ao longo da leitura, e eu confesso que não curti tanto o desfecho da história, não. Achei que tudo se revolveu muito fácil, e alguns personagens mereciam ter sofrido mais, na minha opinião. Ainda assim, é um livro que eu recomendo. A Karol tem uma escrita super fluida e deliciosa de ler, e, apesar dos defeitos, Annelise e Henry são um casal que cativa a gente. Além disso, temos algumas revelações ao longo do livro que eu simplesmente adorei, mesmo que elas não tenham sido tão surpreendentes assim.

O Mistério de Lady Natalie

Sinopse:

Lady Natalie Blackburn nunca se recuperou do ataque que sofreu quando tinha apenas dezesseis anos e era uma garota inocente e alegre. Desde então, jurou a si mesma que jamais se aproximaria de um homem, não importando quão cavalheiresco ele fosse, mas o destino parece lhe pregar uma peça, e tudo em que ela consegue pensar é nos sentimentos conflituosos provocados por certo cavalheiro.
Sir Michael não pertencia à nobreza por direito. Filho de um proprietário de terras, conseguiu a educação de um cavalheiro graças à bondade de lorde Lawford, que o apadrinhou ainda criança e o apresentou ao mundo da elite aristocrata. Em meio à nobreza, não demorou muito para que sir Michael visse em lady Natalie uma possível pretendente. O que ele não esperava era que o barão tentaria recuperar todo o investimento feito em si propondo-lhe a mão de sua filha.
Em meio a tantos conflitos, poderia o amor ser suficiente para superar traumas e enfrentar as amarras sociais?

Este é o segundo volume da série Irmãos Blackburn. A leitura pode ser feita sem a necessidade de se conhecer o volume anterior, mas algumas referências podem ser perdidas no decorrer da leitura.

Link de compra: https://amzn.to/3aS6VW9.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Diferentemente de “O Segredo de Annelise Clarke”, este livro é zero defeitos para mim. Me cativou, me emocionou e me envolveu da primeira à última página. Para mim, é de longe a melhor coisa que a Karol já escreveu, e olha que eu adorei “A Temporada de Olivia”. Inclusive, temos um pequeno cross over que me fez gritar. Eu amei! Se já leram, prestem atenção nisso, que tenho certeza que também irão adorar.

Eu sofri muito com a Natalie, vendo-a se transformar, de uma jovem alegre e gentil que distribuía sorrisos a todos que conhecia, em uma mulher séria e fechada demais. Tudo por causa de uma experiência traumática que roubou sua inocência e a fez acreditar que sorrisos eram incentivos aos homens. E o que mais dói é saber que, ainda hoje, existe gente que realmente acredita nisso. Ainda bem que não é o caso do nosso mocinho!

Sir Michael é um homem que não nasceu entre a nobreza, mas foi criado por um lorde que bancou sua educação e, por conta disso, ele teve a oportunidade de chegar a patamares nunca imaginados. Só que o mesmo homem que sempre o ajudou decide “cobrar” por isso propondo que se case com sua filha e tornando-se seu herdeiro. Esse não é um acordo ruim de forma alguma, mas como Michael pode se casar com uma mulher quando seu coração sempre pertenceu à outra?

Sir Michael é o melhor amigo de Henry e, por isso, está sempre por perto da família Blackburn. Essa proximidade fez com que se apaixonasse perdidamente por Natalie, e, antes de entrar num matrimônio sem amor, decide fazer um último esforço para conquistar a jovem, que nunca demonstrou corresponder aos seus sentimentos. Mas quando ele finalmente começa a fazer avanço, acontece uma tragédia que marca ainda mais o coração já ferido de Natalie e volta a afastá-los um do outro.

Ai, gente, é doloroso, viu? Mas eu achei ainda mais maravilhoso ver que o tempo e a distância não diminuíram o que Michael sentia por Natalie. É linda a forma como ele vai vencendo as barreiras da jovem e, pouco a pouco, entrando no coração dela, mas será que o amor dele será suficiente para ajudá-la a superar seus temores? Só lendo para descobrir…

E eu também amei a forma como a Karol trabalhou o tema família. A educação e o convívio com a aristocracia criaram uma barreira entre sir Michael e aqueles com quem compartilha um laço de sangue, que desejavam tê-lo sempre por perto, cuidando das terras que pertencem a ele por direito. É muito bonito ver como essa distância vai sendo superada, sem dúvida um dos pontos altos do livro.

Por fim, temos também o primeiro capítulo do próximo livro da série, que será protagonizado pelo Joshua, o Blackburn mais sedutor e divertido de todos. A história promete altas confusões, mas também muita paixão, como as que a antecederam. Estou louca para lê-la!

E é isso, meus amores! Espero que tenham gostado de conhecer esta série maravilhosa. Obrigada pela visita, beijos e até o próximo post! 😘😘😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s