Resenha: Um Beijo Inesquecível (Os Bridgertons #7), Julia Quinn

Oi, meus amores! Tudo bem com vocês? Após tirar uns dias para organizar e colocar o ig e o blog em dia, eu finalmente voltei com uma resenha inédita. E desta vez, do sétimo volume da série de romances de época mais popular de todas. Espero que gostem! ❤️

Sinopse:

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga. Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele. Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro… e que não há nada de tão simples ― e de tão complicado ― quanto um beijo.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Não sei vocês, mas desde que comecei a ler Os Bridgertons, fiquei curiosa para ver o livro da Hyacinth, aquela peste (no sentido carinhoso da coisa) que tanta dor de cabeça dava à Violet e ao Anthony, imaginando que tipo de homem daria conta de um furacão daqueles, e quando Gareth aparece no recital das Smythe-Smith, arrancando a bengala das mãos da avó, ninguém mais, ninguém menos do que nossa querida lady Danbury, a única com uma língua tão afiada e uma inteligência tão aguçada quanto a própria Hyacinth, eu gritei um “Yeeeeees, é ele!”.

Gareth é o segundo filho de um barão que é o ser humano mais ridículo e insuportável que existe (aliás, ô autora pra criar uns pais carnes de pescoço, essa Julia Quinn!). Ele foi expulso de casa ao enfrentar seu genitor no passado, recusando-se a se casar com uma mulher que possuía uma deficiência mental e, portanto, era incapaz de entender os desejos de um homem como ele, e foi criado pela avó, que lhe proveu com todas suas necessidades materiais, mas também e principalmente, com um afeto que nunca recebeu do pai. No entanto, seu irmão mais velho acaba falecendo, o que o torna o herdeiro do baronato. Seu pai não fica nada satisfeito com isso. Não que possa fazer algo a respeito, é claro, além de infernizar a vida do filho. Contudo, existe um motivo por trás da rejeição paterna (não que isso justifique a forma como o fidiquenga trata Gareth), e a descoberta desse segredo de família acaba causando um impacto emocional grande no nosso mocinho.

Seu irmão, ao falecer, acabou deixando para Gareth um diário que pertenceu à avó paterna, mas infelizmente (ou felizmente) ele foi escrito em italiano, língua da qual ele tem pouco ou nenhum conhecimento. Porém, para sua sorte, ele acaba descobrindo que nossa querida Hyacinth tem um conhecimento razoável da língua napolitana e está mais do que disposta a ajudá-lo a desvendar os mistérios ocultos nas páginas amareladas pelo tempo. E conforme revelações são feitas e, naturalmente, mais encontros acontecem para que Hyacinth possa contar suas descobertas, os dois vão se aproximando e descobrindo o quão bem eles combinam, e nossa mocinha percebe que, afinal, sua natureza indomável não é um empecilho para o verdadeiro amor.

Como todo livro da Julia Quinn, é uma história divertida e sensual, com um romance que aquece nosso coração e recheado de dramas familiares envolventes. E uma característica que eu gostei bastante neste livro, é que ele tem os acontecimentos narrados de forma levemente lúdica, como os contos de fadas feitos para crianças, um detalhe que deixou tudo ainda mais gostoso de ler e contribuiu para aumentar o clima de mistério e aventura que permeou boa parte da história. Enfim, tá recomendadíssimo, como todos os romances da Julia Quinn que tive o prazer de ter em mãos. Deem uma chance, com certeza não irão se arrepender!

E aí, o que acharam? Já leram o livro da Hyacinth? Gostam dele ou fazem parte do time que acha que as histórias da série vão ficando mais chatas e repetitivas com o tempo? Se não leram, tem vontade de ler? Contem tudo para mim, adoro conversar com vocês. Obrigada por lerem até aqui, beijos e até o próximo post! 😘😘😘

PS: se perderam alguma das resenhas dos demais volumes dos Bridgertons ou de outros livros relacionados à série, cliquem aqui para conferir.

2 comentários sobre “Resenha: Um Beijo Inesquecível (Os Bridgertons #7), Julia Quinn

  1. Ahhh, eu amei esse livro. E foi uma surpresa excelente pra mim, pois o livro anterior foi um suplício pra eu conseguir terminar de ler, e já tinham me falado que depois do livro 5, a série perdia qualidade. Então pode imagina a minha alegria quando me deparei com essa pérola, que virou um dos meus livros favoritos da série, né?! Foi uma grata surpresa para alguém que começou a leitura sem esperar muita coisa. Amei demais! ♥

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    Curtir

  2. Nossa, comassim não gostou do livro do Michael e da Francesca? 😱😱😱 É o segundo que eu mais gosto da Julia Quinn, acho perfeito!
    Mas tudo bem, pelo menos compartilhamos a opinião de que esse aqui é uma delicinha. Gostei demais! Hyacinth e Garreth combinam muito ❤️
    Obrigada pela visita e pelo comentário, beijinhos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s