Sidney Sheldon ― Parte 2: Tilly Bagshawe

Oi, meus amores! Hoje eu trouxe a segunda parte do post sobre as obras de Sidney Sheldon, desta vez falando das que foram escritas por Tilly Bagshawe sob o nome do autor. Caso tenham perdido a primeira, em que contei um pouco sobre minha experiência de leitura com Sidney Sheldon, os motivos pelo qual tanto amo os livros dele e mostrando todos os títulos lançados diretamente pelo autor, cliquem aqui.

Muita gente reclama da decisão da família Sheldon em escolher alguém para dar prosseguimento ao legado do autor e das obras lançadas por Tilly Bagshawe com o nome de Sidney Sheldon, e alguns, inclusive, se recusam a lê-las, porém eu preciso confessar que sou apaixonada por elas. Um dos meus livros favoritos da vida é justamente A Senhora do Jogo, continuação de O Reverso da Medalha (julguem-me se quiserem, mas até gosto mais dele do que de seu antecessor).

Quando Sidney Sheldon faleceu em 2007, muita gente achou que ficaria órfã dos thrillers incríveis que só ele era capaz de escrever, mas isso acabou não acontecendo, ao menos comigo, que, à exceção das continuações de Se Houver Amanhã (totalmente desnecessárias, na minha opinião, uma vez que o livro já tinha um final perfeito; embora eu deva confessar que não as achei exatamente ruins, só não gostei mesmo), adorei todos os livros. Achei as tramas e os personagens muito bem desenvolvidos bem como o suspense e os mistérios construídos com destreza suficiente para despertar minha curiosidade e ativar aquela veia de detetive que todo aficionado por esse tipo de narrativa possui dentro de si, me motivando a mergulhar mais e mais nas histórias até finalmente chegar ao aguardado desfecho e às respostas para todas as perguntas feitas ao longo da jornada por cada um dos livros (ou, às vezes, apenas as que a autora queria dar).

Quem lê muito um autor, acaba ficando marcado por alguma característica de sua escrita, e a que sempre admirei na de Sidney Sheldon, além de sua capacidade ímpar de criar tramas envolventes, que roubam nosso fôlego e nos prendem da primeira à última página, foi o fato de ele dar uma história para todos os personagens, por menos importantes que eles fossem, o que os tornava únicos e nos levava a entendê-los tanto quanto a nossos protagonistas. E Tilly Bagshawe me ganhou justamente ao trazer isso pras obras dela. Nunca me esqueço, por exemplo, do fotógrafo que queria tirar uma foto de Eve no começo de A Senhora do Jogo e que depois conseguimos reconhecer pela simples menção às pernas compridas. Detalhe é que tem mais de cinco anos que li àquele livro pela última vez e ainda me lembro disso.

Minha opinião não deve ser a única fundamentação para ninguém ler coisa alguma, mas eu aconselho a quem gosta de thrillers, especialmente aos fãs de Sidney Sheldon, a escolherem pelo menos um dos livros escritos por Tilly Bagshawe e lê-lo pra valer, sem pré-julgamentos, e aí tirarem suas próprias conclusões sobre a obra e, se forem “tacar pedra”, que pelo menos seja baseado numa verdadeira experiência de leitura, e não em opiniões preconcebidas. Cada pessoa tem uma forma única de enxergar uma história, e só podemos saber se gostamos de um livro ou de um autor ao realmente lê-lo.

Até agora, Tilly Bagshawe lançou oito obras sob a bandeira de Sidney Sheldon, sete delas já lançadas por aqui pela editora Record. São elas as seguintes:

A Senhora do Jogo (Sequência de O Reverso da Medalha)

Sinopse:

A aguardada sequência de O Reverso da Medalha.

No best-seller mundial O Reverso da Medalha, Sidney Sheldon nos apresentou à glamorosa e manipuladora família Blackwell e sua inesquecível matriarca, Kate. A senhora do jogo é a sequência dessa trama, tão aguardada pelos fãs de Sheldon. Tilly Bagshawe, autora do elogiado Adorada, retoma a saga dos Blackwell, seus amores, perdas e conspirações a partir da década de 1980. Repleto de personagens marcantes e com enredo fascinante, o romance captura a voz mágica e irresistível do grande mestre. Tenso e provocativo, A Senhora do Jogo agradará aos ávidos fãs de Sheldon e conquistará novos leitores.

Depois da Escuridão

Sinopse:

Abençoada com um rosto angelical e a inocência de uma criança, Grace Brookstein é a esposa perfeita de Lenny Brookstein, o rei de Wall Street. O bilionário ― que tem propriedades no mundo todo, uma frota de iates e uma vida aparentemente perfeita ― fez sua fortuna com o fundo de hedge Quorum, voltado para idosos, operários, pequenas instituições de caridade e famílias que lutam para sobreviver e garantir uma vida melhor para seus descendentes. Sendo a personificação do cidadão americano ― ambicioso, workaholic e generoso ―, o rosto de Lenny está em todo lugar: desde as páginas de publicações de negócios até as colunas sociais. O casal é enaltecido por sua generosa contribuição filantrópica, principalmente pelo baile anual de caridade promovido pelo Quorum. Apesar do colapso catastrófico do mercado de ações, o estilo de vida dos Brookstein (veraneios, partidas de polo e jatinhos particulares) não se abala. Até o dia em que Lenny sai para velejar e nunca mais retorna. Seu iate é encontrado vazio em alto-mar. Inconsolável, Grace Brookstein não imagina que o desaparecimento do marido representa apenas o início de um pesadelo sombrio e aterrorizante que está prestes a dominar sua vida. Algumas semanas depois, bilhões dólares desaparecem do fundo Quorum, provocando a falência de milhares de famílias de classe média e pequenas instituições. A viúva de Lenny Brookstein encabeça a lista de suspeitos pelo roubo. O país inteiro está convencido de que ela cometeu o crime e todos querem vê-la pagar por isso ― ou pior: querem fazer justiça com as próprias mãos. Subitamente, a socialite que um dia foi a queridinha da América se transforma em uma odiada Maria Antonieta contemporânea, sozinha e indefesa diante de sua iminente queda. Mesmo assim, Grace está certa de que foi usada como bode expiatório, e fará tudo para provar isso. Cercada por inimigos, ela aprende a confiar apenas em si mesma e embarca numa odisseia psicológica que transformará para sempre a doce e angelical Grace Brookstein. Repleto de casos amorosos, glamour, reviravoltas surpreendentes e do suspense sedutor que fizeram de Sidney Sheldon um lendário autor best-seller, Depois da Escuridão conduz o leitor a uma jornada alucinante que dá continuidade ao legado do mestre.

Anjo da Escuridão

Sinopse:

Um rico negociador de artes é brutalmente assassinado em sua mansão: Andrew Jakes está amarrado ao corpo nu de sua jovem e bela esposa, violentamente espancada e estuprada. O detetive Danny McGuire empenha-se na busca do culpado, mas Angela Jakes desaparece depois de doar sua herança. Anos depois, Danny trabalha como agente da Interpol na França quando é procurado por Matt Daley, filho do homem assassinado. Danny não hesita em seguir as evidências que apontam para um único suspeito: uma brilhante assassina que está sempre um passo à frente de todos e que pode estar a um triz de encontrar sua nova vítima.

Sombras de Um Verão

Sinopse:

Quando Alexia De Vere decidiu que chegaria ao topo, ela sabia que precisaria de uma boa dose de coragem, obstinação e um talento indiscutível. Mas a atual Ministra do Interior e esposa de um dos aristocratas mais tradicionais da Grã-Bretanha esconde sua cota de sujeira embaixo do tapete. Roxie, a filha, está confinada em uma cadeira de rodas. O herdeiro Michael acaba de abandonar Oxford para se aventurar como empresário. Seu único conforto é o generoso e devotado marido. Quando a pressão por estar no topo já parece o suficiente, ela ainda tem de lidar com o turbilhão que um dia varreu e lavou quem ela foi, e agora volta, mais forte que nunca, para afogar e destruir Alexia, a mulher do presente.

Em Busca de um Novo Amanhã (Sequência de Se Houver Amanhã) ― Resenha aqui

Sinopse:

Tracy Whitney está de volta em uma trama repleta de paixão, suspense e reviravoltas. Ao lado de Jeff Stevens, Tracy Whitney foi responsável por alguns dos maiores assaltos do mundo. Movida pela adrenalina que o perigo proporciona, ela sempre esteve à vontade com a vida de criminosa. Mas, quando ela e Jeff se casam, fazem um trato: deixar o passado de crimes para trás e formar uma família. Decidida a levar uma vida digna, Tracy se esforça para se adaptar à nova rotina. Mas ela sente que falta algo para que seja realmente feliz: um bebê. Porém, à medida que os meses passam e a tão desejada gravidez não acontece, ela se sente cada vez mais infeliz. Um belo dia, Jeff acorda e descobre que Tracy desapareceu. Por mais de dez anos, ele faz o possível para descobrir o paradeiro da amada, mas vai perdendo sua esperança… até que uma série de assassinatos leva um audacioso detetive francês a acreditar que ela está envolvida nos crimes. Tracy Whitney está mais uma vez no centro de uma misteriosa trama. A diferença é que, agora, ela tem tudo a perder, inclusive o homem que não consegue esquecer.

Um Amanhã de Vingança (Sequência de Em Busca de um Novo Amanhã) ― Resenha aqui

Sinopse:

Continuação do best-seller Em Busca de um Novo Amanhã. Ela foi responsável por alguns dos roubos mais audaciosos do mundo, mas deixou o passado de crimes para trás, teve um bebê e passou a levar uma vida digna ao lado do filho. Porém, uma grande tragédia obrigou Tracy Whitney a enfrentar seu maior pesadelo. Agora, sem mais nada a perder e com uma sede implacável de vingança, Tracy está de volta à ativa e não vai descansar até encontrar a mulher que ela acredita ter destruído sua vida, a misteriosa figura mais procurada pela CIA e chefe de uma organização criminosa. Envolta em uma trama de corrupção e rodeada por inimigos disfarçados de aliados, Tracy precisará ir além de todos os limites e enfrentar seus maiores demônios para impedir uma guerra mundial. Impelida pela sede de vingança e com o futuro de tantas pessoas em suas mãos, até onde Tracy será capaz de ir quando não resta mais nada a perder?

A Viúva Silenciosa ― Resenha aqui

Sinopse:

A saga de uma mulher marcada em busca da própria sobrevivência é trama do novo romance de Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe.
Charlotte Clancy, uma jovem au pair americana, desaparece sem deixar vestígios na Cidade do México. O caso acaba sendo arquivado, mas suas consequências são devastadoras. Uma década depois, um assassino perigoso está à solta nas ruas de Los Angeles. E já fez duas vítimas. Mas o único elo em comum entre elas é a psicóloga Nikki Roberts.
Nikki ainda está muito abalada com a recente morte do marido. E sua vida sofre outra reviravolta quando uma de suas pacientes, Lisa Flannagan, e o rapaz que Nikki considerava como filho, Treyvon Raymond, são brutalmente assassinados. Mas, apenas quando sofre um atentado, é que a psicóloga tem certeza de que ela é o verdadeiro alvo desse assassino impiedoso.
Atormentada por um acontecimento do passado e vendo a polícia em um beco sem saída, Nikki contrata o detetive particular Derek Williams, um homem que não tem medo de sujar as mãos. Ele trabalhara no caso de Charlotte Clancy, mas agora, anos depois, encontra nas anotações de Nikki Roberts um nome que chama sua atenção, e essa nova investigação o conduz a um caminho perigoso de volta ao passado.
Numa cidade corrupta, onde não se sabe quem é inimigo e quem é amigo, Nikki Roberts precisa correr contra o tempo para descobrir a verdade por trás desses crimes antes que ela seja a próxima vítima.

É isso por hoje, meus amores. E aí, já leram algum desses livros da Tilly Bagshawe? Contem para mim o que acharam (fiquem à vontade inclusive para falar mal, se quiserem). Ou, se não leram, pretendem dar uma chance à autora? Espero que sim. Obrigada por lerem até aqui, beijos e até o próximo post! 😘😘😘

3 comentários sobre “Sidney Sheldon ― Parte 2: Tilly Bagshawe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s