Melhores Leituras de 2019 ― Parte 1: Gêneros Mistos

Oi, meus amores! Tudo bem com vocês? ❤

Hoje, depois de 84 anos, eu finalmente trouxe a lista de melhores leituras de 2019. E olha, foi difícil montar, viu? Eu li muita coisa incrível no ano passado. Foram 157 livros ao todo, fora alguns contos que não entraram na contagem. Conheci histórias únicas maravilhosas e consegui finalizar algumas séries que estavam pendentes há bastante tempo, como Crônicas Saxônicas, Harry Potter (os livros e conteúdos extras), O Senhor dos Anéis (os contos do Silmarillion que ganharam livro próprio), Diários do Vampiro (a trilogia Caçadores), entre outras; e li outras que estavam na minha lista há um tempo considerável também, como Os Bridgertons, Castles Ever After, Spindle Cove, a Trilogia Grisha e a duologia Six of Crows; além de ter relido aquela que, sem dúvida, é a segunda favorita da vida, As Crônicas de Gelo e Fogo, bem como os livros extras publicados por George R. R. Martin.

Decidi dividir a lista em duas partes: romances clássicos, históricos e de época (de longe o que eu mais leio) e gêneros mistos. E convém mencionar que ela segue minha preferência pessoal e nada mais, não estando necessariamente certa ou errada. É apenas gosto, e cada um tem o seu, né non? Agora, sem mais delongas, bora pro top 10!

10º Lugar: O Preço da Verdade, Jéssica Macedo (Resenha aqui)

Sinopse:

Numa tarde comum de verão, a cientista Bárbara Lopes foi assassinada em seu próprio apartamento. A polícia local tem um único suspeito: o bem-sucedido médico que há anos a vítima chamava de marido.

Suzana é a detetive responsável pelo caso. Há dez anos trabalhando para a polícia, ela já conviveu mais com a morte do que qualquer um gostaria.

O caso começa a se tornar pessoal quando a detetive passa a acreditar na inocência do suspeito e a encontrar ligações desse caso com o maior que já enfrentou, ainda sem solução: os assassinatos de seu marido e filho.

A busca de Suzana pela verdade pode colocar em risco não apenas a sua carreira na policia, mas também a sua própria vida.

9º Lugar: Trilogia Predadores da Noite, Widjane Albuquerque (Resenhas Feeling, Wanting e Burning)

8º Lugar: A Corrida de Escorpião, Maggie Stiefvater (Resenha aqui)

Sinopse:

Na pequena ilha de Thisby, poucos cavaleiros são bravos o suficiente para competir na corrida de escorpião que acontece a cada novembro. Pela primeira vez uma mulher, a jovem Puck Connolly, vai competir. Ela tem dois irmãos e ficou órfã depois que os pais foram devorados pelos cavalos assassinos. Por isso, ela está determinada não só a competir como ganhar a corrida. Para isso, Puck terá que enfrentar outro jovem corajoso e encantador. Sean Kendrick também perdeu o pai, atropelado pelas sanguinárias criaturas.
Apesar de terríveis, os cavalos do mar são uma grande atração turística. O turismo é a principal fonte de renda dos habitantes de Thisby. A ilha é um lugar fascinante e, ao mesmo tempo que atrai, também amedronta. A descrição que Maggie faz dos desfiladeiros do local é carregada de poesia. Com a narrativa alternando entre o ponto de vista de Sean e de Puck, a autora criou uma trama envolvente, classificada por críticos do New York Times e do Los Angeles Times como inovadora.
Em A Corrida de Escorpião, Maggie Stiefvater nos leva até o limite, em que o amor e a vida encontram seus maiores obstáculos e apenas os fortes de coração podem sobreviver. Uma leitura inesquecível.

7º Lugar: Oráculo: A Última Esperança de Thórun, Juliana Barbosa (Resenha aqui)

Sinopse:

Alison trabalha na editora do tio de seu melhor amigo Edward, como revisora textual. Mas seu verdadeiro sonho é ser escritora. Depois de várias tentativas frustradas, seu último livro ganha grande repercussão no Wattpad em questão de dias. Edward a leva para comemorar o repentino sucesso em um bar. Após algumas doses de tequila, Alison se depara com um guerreiro Anúbio, o mais perigoso de sua história literária, em plena Nova Orleans. Agora terá que fugir de uma caçada pouco favorável para ela, enquanto tenta compreender a verdade diante de seus olhos.

Alison descobrirá que sua pacata vida, esconde muito mais segredos do que ela imaginava. Logo se vê presa em um mundo, rodeado por intrigas políticas.

Enquanto luta por sua vida, Alison usará sua inteligência para desvendar os segredos de Thórun.

6º Lugar: Austenapp: Um Darcy para Chamar de Meu, Katherine Salles (Resenha aqui)

Sinopse:

Bel e Ana Catarina são melhores amigas unidas por uma paixão em comum: Jane Austen.
Foi durante o carnaval carioca, no restaurante Norte & Angi, que a paulistana Ana Catarina conheceu o namorado, o cavalheiro que possui a barba mais sexy que ela já viu. Ela é uma estudante de jornalismo, porém, em meio período, trabalha em um Pet Shop, afinal ainda não está em posse de uma boa fortuna e precisa de bons rendimentos anuais para pagar a própria faculdade.
Entre problemas no trabalho, com a mãe, o padrasto violento e a infinita saudade de Rique, com quem namora à distância, Ana Catarina cria um aplicativo de namoro – o Austenapp – que vira febre entre a comunidade Janeite.
Já Bel, que é uma jovem e independente aspirante à escritora, não perde a oportunidade de criar uma conta nele para quem sabe encontrar um Darcy para chamar de seu e, de quebra, ouvir que ele a ama ardentemente.
Ao conseguir o dinheiro para realizar seu sonho de ir ao Jane Austen Festival, em Bath, Inglaterra, Ana Catarina não tem dúvidas de que é isso que precisa para colocar o relacionamento e a vida nos eixos.
No entanto, o que era para ser uma viagem romântica com seu amado, torna-se um conjunto de mal-entendidos, e ela é persuadida pela madrinha a viajar sem o namorado.
Enquanto isso, Bel permanece na cidade maravilhosa em uma busca frenética por terminar seu TCC e resolver suas próprias, e nada fáceis, questões amorosas.
Em Bath, Ana Catarina se depara com a produção de um reality show chamado “Pemberley Hotel”, uma espécie de Big Brother Austeniano, e decide se candidatar ao confinamento, aceitando assim, viver por alguns meses como vivia sua autora favorita: sem chuveiro elétrico, micro-ondas, e principalmente, sem seu celular. Ah, e com um detalhe: rodeada de câmeras escondidas em cada canto da suntuosa propriedade. O prêmio? Uma alta soma em dinheiro que pode garantir sua estabilidade financeira. Sem contar na vista privilegiada de um alto número de cavalheiros de coxas torneadas dentro de reveladoras calças apertadas.
Será que sofrer na Terra da Rainha tem um sabor especial? E em casa de ferreiro, o espeto é mesmo de pau?
Uma história com uma boa dose de drama e beijos apaixonados, mas também do humor universalmente conhecido de Jane Austen; sobre amizade, amor, e principalmente sobre o empoderamento feminino.

5º Lugar: Fogo e Sangue, George R. R. Martin (Resenha aqui)

Sinopse:

Séculos antes dos eventos de A Guerra dos Tronos, a Casa Targaryen – única família de senhores dos dragões a sobreviver à Destruição de Valíria – tomou residência em Pedra do Dragão. A história de Fogo e Sangue começa com o lendário Aegon, o Conquistador, criador do Trono de Ferro, e segue narrando as gerações de Targaryen que lutaram para manter o assento, até a guerra civil que quase destruiu sua dinastia.

O que realmente aconteceu durante a Dança dos Dragões? Por que era tão perigoso visitar Valíria depois da Destruição? Quais foram os piores crimes de Maegor, o Cruel? Essas são algumas das questões respondidas neste livro essencial, relatadas por um sábio meistre da Cidadela.

Ricamente ilustrado com mais de oitenta imagens assinadas pelo artista Doug Wheatley, Fogo e Sangue dará aos leitores uma nova e completa visão da fascinante história de Westeros – um livro imperdível para os fãs do autor.

4º Lugar: Corte de Gelo e Estrelas, Sarah J. Mass (Resenha aqui)

Sinopse:

Feyre, Rhys e seu círculo íntimo ainda estão ocupados reconstruindo a Corte Noturna e tentando manter a paz, conquistada a base de muito esforço e perdas pessoais, após a queda da muralha.

Mas o Solstício de Inverno está próximo e, com isso, um alívio merecido. Compras, festas, celebração e a promessa de dias tranquilos. A atmosfera festiva não consegue, entretanto, impedir que as sombras da guerra se aproximem.

Em seu primeiro Solstício como Grã-Senhora, Feyre ainda lida com os horrores do passado recente e percebe que seu parceiro e sua família têm mais cicatrizes do que ela esperava – cicatrizes que podem impactar o futuro, e a paz, de sua Corte.

3º Lugar: Duologia Six of Crows, Leigh Bardugo (Resenhas Six of Crows: Sangue e Mentiras e Crooked Kingdon: Vingança e Redenção)

2º Lugar: Seu Lado Ruim, Anne Marck (Resenha aqui)

Sinopse:

Rovy De La Cruz é um homem perigoso, ganha a vida fazendo coisas ilegais. É irascível, intenso, forjado para ser o pior. Não deveria sequer se atrever a lançar um olhar na direção da filha do pastor, a jovem boa e gentil, acostumada a seguir à risca as regras rigorosas da igreja na pequena Remissão.

O que ninguém sabe é que eles já se conhecem. Na infância, o garotinho rabugento, marcado pela violência em casa, e a menina curiosa e insistente haviam sido melhores amigos. Vizinhos de muro, encontravam-se às escondidas durante muito tempo.

Hava era o que tinha de melhor na vida de Rovy.

Até o dia em que esse elo foi desfeito.

Agora ele está de volta, os sentimentos inocentes da infância já não são os mesmos. Rovy se cansou de se esconder nas sombras para admirá-la de longe. Cansou-se de ver a dor nos olhos dela, uma que mais ninguém na maldita cidade parece ser capaz de enxergar, sem poder fazer nada.

Hava precisa dele. E é hora de ela saber que ele, bem, ele também precisa dela.

“Não me olhe assim”, pedi, escondendo a urgência sob a máscara impassível que eu vinha treinando.

“Assim como?”, ingenuamente, ela sussurrou.

Droga, eu odiava o que enxergava em seus olhos: o medo, a insegurança, a incerteza a meu respeito.

“Como se não soubesse o que esperar de mim. Ainda sou eu, Hava”.

1º Lugar: As Crônicas de Gelo e Fogo, George R. R. Martin (Resenha aqui)

E essa foi a primeira parte da minha lista de melhores leituras de 2019, em breve eu volto com um top 20 só com romances clássicos, históricos e de época. E vocês, já leram algum desses livros? Acham que mereceram estar aqui ou eu viajei total? Contem-me tudo! E, inclusive, fiquem à vontade para mostrar o top 10 de vocês também. Adorarei saber o que mais amaram ler em 2019 e pegar ótimas dicas de leitura. Obrigada por lerem até aqui. Beijos e até o próximo post! 😘😘😘

Update: a segunda parte da lista já foi postada, cliquem aqui para conferir.

Um comentário sobre “Melhores Leituras de 2019 ― Parte 1: Gêneros Mistos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s