Resenha: Como Casar um Barão (Amores Indecentes #5), Michaelly Amorim

Sinopse:

Samantha Hemwer é uma simples dama de companhia que precisa fugir de um destino trágico nas mãos de um homem sem honra. Durante sua fuga, uma tempestade a leva para um baronato e, em meio à forte chuva, um choro infantil a faz parar para socorrer uma criança perdida.

Sophia é a herdeira do barão de Montress, e quando Samantha a leva de volta para o pai, que, preocupado, procurava a filha por todo lugar, enxerga ali uma chance de recomeçar.

Servindo de babá para os Montress, Samantha percebe que a pequena Sophia precisa desesperadamente de uma figura materna, e incumbe a si mesma a missão de convencer o viúvo barão de Montress a se casar novamente e escolher uma mulher adequada para ser a mãe de Sophia.

Entretanto, em meio à sua tentativa de servir de cupido, o homem do qual fugia reaparece, e ela precisará se proteger dos monstros do passado, quer seja fugindo novamente ou finalmente enfrentando-o.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Aqui estou eu para falar de mais um livro desta série que tanto amo, uma das principais responsáveis por eu começar a prestar mais atenção nos romances de autores independentes. Novamente, Michaelly Amorim me cativou com sua escrita leve, fluida, gostosa, simples mas, de maneira alguma, incompatível com a época abordada, já que toma cuidado em pesquisar sobre o que está falando, ainda que, propositalmente, adapte a linguagem para torná-la mais acessível aos leitores que deseja atingir (coisa que boa parte das editoras também faz, diga-se de passagem).

Em Como Casar um Barão, acompanhamos a história de Samantha, uma jovem que pertence a uma família que, embora desprovida de título, possui ligação com a realeza; prova disso é que ela era uma das damas de companhia da princesa Agatha (quem leu Como Não se Apaixonar por um Duque ou Como Irritar um Lorde provavelmente se lembra da marcante aparição dela em certo baile). Samantha não se encaixa nos padrões de beleza, sendo considerada acima do peso, mas ainda assim atrai as atenções indesejadas do príncipe herdeiro. Por causa disso, é obrigada a fugir do palácio.

Numa noite chuvosa, acaba indo parar nas terras de Bernardo, barão de Montress (dica: ele é o irmão de Fernanda, que conhecemos no livro anterior), e, providencialmente, resgata sua filha da tempestade. Contando com a gratidão do lorde, começa a trabalhar como babá da pequena garotinha, ainda que para isso tenha que manter oculta sua verdadeira identidade. Com o passar do tempo, Samantha começa a perceber a necessidade que a menina possui de uma figura materna em sua vida, por isso convence o barão a procurar uma nova esposa. O problema é que, com a convivência, um intenso e ardente desejo começa a nascer entre os dois. Será que conseguirão resistir ao que sentem ou entregar-se-ão à paixão (cof cof, nem é óbvia essa resposta, né, pessoal?)? E o que acontecerá quando aquele homem terrível finalmente encontrar Samantha? Será o barão capaz de protegê-la? Precisarão ler para descobrir as respostas de todas essas perguntas, mas eu garanto que valerá muito a pena.

Se gostam de histórias rápidas, divertidas mas com cenas emocionantes, personagens encantadores e aquele toque gostoso de sensualidade, Como Casar o Barão é o livro certo para vocês. E quem, assim como eu, leu os anteriores terá ainda o prazer de rever pessoinhas conhecidas que com certeza já conquistaram um lugarzinho no nosso coração.

Disponível em e-book na Amazon: https://amzn.to/2q5TNKb.

Se quiser conferir as resenhas dos demais livros da série, clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s