Resenha: A Perdição de Lady Aisha (Herdeiras da Magia #4), Jéssica Macedo

Oiiiiiiiii, meus amores! Tudo bem com vocês? ❤

Hoje eu vim pra falar sobre A Perdição de Lady Aisha, o quarto volume da série Herdeiras da Magia (existe um conto que se passa entre esse livro e A Indomável Lady Bonnie, cliquem aqui caso ainda não conheçam). Os demais livros também já foram resenhados no ig e no blog, cliquem aqui para conferir.

Sinopse:

Diante de um fim inevitável graças a uma terrível maldição, Aisha vai para Marshland passar seus últimos momentos ao lado de sua grande amiga Angeline, a duquesa de Ardles. Ela, que já possuiu muitos nomes, amantes e viveu inúmeras vidas, está fragilizada com o término de sua eternidade.
Um convite a levará a um dos depravados bailes oferecidos pelo recluso e misterioso duque de Hannover, um homem nunca visto na corte, cujos boatos se distanciam de sua verdadeira aparência e personalidade.
A atração inegável será despertada em um olhar, e um delicioso jogo de sedução se iniciará entre os dois. Daemon, o duque, terá que descobrir a verdadeira natureza de Aisha para tê-la em seus braços e em seus lençóis. No entanto, o felizes para sempre pode ser destruído pela terrível maldição a qual Aisha foi sentenciada.

Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Eu confesso que sou um pouco suspeita pra falar de A Perdição de Lady Aisha, afinal acabei lendo enquanto a Jéssica ainda escrevia e dando um pitaco ou outro na história, mas, gente, o resultado é tão maravilhoso que é impossível eu não amar. Herdeiras da Magia é a minha série favorita da autora, e este livro veio apenas para reafirmar isso.

Aisha é uma górgona que, durante muito tempo, teve que fugir e se esconder dos caçadores que perseguiam cruelmente a sua raça, um deles, inclusive, responsável pela morte de sua mãe. Em seu momento de maior agonia, porém, um feiticeiro apresenta-se como a solução de todos os seus problemas ao ofertar-lhe um amuleto com poder para ocultar sua verdadeira forma e permitir que ande livremente sem converter ninguém em pedra. No entanto, ele cobra um preço por sua dádiva: que Aisha lhe entregue o coração de seu grande amor. Se parasse para pensar direito, talvez ela recusasse, mas em sua vulnerabilidade acaba pensando apenas em salvar-se naquele momento e toma o que lhe é oferecido.

Durante muitos anos, pareceu que a górgona havia feito um bom negócio, ao poder desfrutar de uma liberdade jamais experimentada. Porém, com o passar do tempo e sem perspectiva de que vá se apaixonar, o bruxo que a ajudou começa a ficar impaciente e decide que, se não pode ter o coração do homem a quem Aisha deveria amar, cobrará a dívida de sua própria vida. Assim, com pouco tempo restante, tudo o que a górgona deseja é passar seus últimos dias na companhia de sua grande amiga Angeline. Contudo, ao comparecer a um baile, o inesperado acontece e ela acaba conhecendo alguém capaz de despertar-lhe um sentimento profundo e arrebatador que a fará enfrentar o dilema de escolher entre salvar a própria vida ou sacrificar-se para proteger o ser amado.

Daemon é filho de uma princesa africana que casou-se com um duque de Marshland e, ao descobrir que o marido era incapaz de engravidá-la, recorreu às crenças antigas e invocou um íncubo para fazer isso por ela. Daemon é o fruto desta inusitada união, mas cresceu acreditando que realmente era filho do nobre que o criou, apenas no leito de morte sua mãe revelou-lhe a verdade. Ainda assim, quando o duque falece, ele herda o título como se de fato lhe pertencesse.

Daemon compartilha da natureza de seu pai biológico, e a privilegiada posição na nobreza permite que sacie todos os seus apetites luxuriosos ao oferecer bailes regados a boa comida, bebida e, principalmente, a sexo. E é numa dessas orgias que pousa os olhos pela primeira vez na mais bela mulher que já teve o prazer de contemplar. Mas ela sabe o que o duque é e não se entregará tão facilmente quanto ele espera. Assim fazem uma excitante aposta segundo a qual o íncubo só a terá se descobrir a qual espécie sobrenatural ela pertence. Daemon não está acostumado a perder e fará de tudo para ter a dama em seus braços, só não sabe que o tempo dela é curto e, talvez, quando tiver a resposta, já seja tarde demais.

É um romance muito bonito, intenso e mais quente do que os anteriores, devido à natureza do mocinho; e o fator perigo é especialmente forte aqui, porque não sabemos quanto tempo Aisha tem. Só nos resta torcer para que encontrem uma maneira de derrotar o feiticeiro antes que ele consiga colocar fim à vida dela. Daemon é maravilhoso, lindo de morrer, sexy e gostoso pra caramba e, uma vez que se apaixona, revela-se ainda carinhoso e extremamente protetor, capaz de tudo para manter a amada em segurança. E o fato de ser negro merece ser exaltado, afinal é raro encontrar este tipo de representatividade em livros do gênero. Terminei a leitura louca pra encontrar um igual pra mim. O pai dele também é incrível, divertido e um sogrão daqueles, tirando a parte em que faz a nora sentir vergonha (quem ler vai entender). Recomendo muito, não só este livro, mas a série toda. É a mistura perfeita de romance de época e fantasia.

Disponível em e-book na Amazon: https://amzn.to/2GWA3xA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s